Aguarde...

cotidiano

Santa Casa: 55% dos pacientes internados na UTI com Covid-19 não sobrevivem

Dados exclusivos apresentados pelo hospital de São Carlos mostram que internação por Covid-19 na UTI dura seis vezes mais do que de outras enfermidades

| ACidadeON/São Carlos

Santa Casa de São Carlos abriu novos leitos de UTI para atender pacientes com Covid-19. Foto: Divulgação / Santa Casa
Mais da metade dos pacientes com Covid-19 que entram na UTI da Santa Casa de São Carlos (SP) não consegue sobreviver. A informação exclusiva foi obtida pela reportagem do portal ACidade ON junto ao hospital filantrópico que atende pacientes do Sistema Único de Saúde.

Outro dado repassado pela instituição é que os pacientes com Covid-19 que precisam de internação em UTI passam seis vezes mais tempo do que internados por outras enfermidades.

Segundo o hospital, a taxa de mortalidade de pacientes com Covid-19 praticamente dobrou entre dezembro e fevereiro. No final de 2020, 27% dos pacientes que entravam na UTI adulta morriam por causa da doença. Atualmente a proporção passou para 55%.

A Santa Casa informou que os pacientes adultos com Covid-19 passam, em média, 18 dias internados em leitos de terapia intensiva.

"Hoje, um paciente com Covid-19 fica, em média, 18 dias em leito de terapia intensiva. Um paciente de UTI Geral, internado por outros motivos como, por exemplo, infarto, fica em média 3 dias. Esse é mais um reflexo da gravidade que esses pacientes têm apresentado", explica a infectologista e coordenadora do Serviço de Controle de Infecção Relacionado à Assistência em Saúde (Sciras) da Santa Casa, Carolina Toniolo Zenatti.

Na semana passada, a Santa Casa colocou em operação 12 novos leitos de UTI Covid, totalizando 30 leitos. Desde então, a taxa de ocupação de leitos tem se mantido em torno de 75%.

O aumento do número de internações é um reflexo do crescimento expressivo do número de casos em São Carlos. Segundo análise feita pelo Sciras da Santa Casa, em 2020, a média móvel do município nunca ultrapassou 40/dia. De janeiro de 2021 para cá, esse número quase triplicou. E na segunda-feira (22), 230 casos foram confirmados na cidade.

Leia mais: 
 
São Carlos sonda sequenciamento genético de nova cepa 
 
Governo Doria: São Paulo pode ter lockdown noturno

 
O número de óbitos também aumentou consideravelmente. Enquanto em 2020, o município chegou a ficar até 10 dias sem registro de mortes por Covid-19, em 2021, já foram registrados 3 falecimentos em um único dia.

Segundo a infectologista, mesmo se fosse possível criar novos leitos de UTI Covid no hospital, com o ritmo de crescimento de novos casos, em breve, eles também alcançariam a ocupação máxima.

"A elevação do número de casos e a saturação dos serviços de saúde em cidades vizinhas como Araraquara e Jaú tem nos preocupado. Por isso, foram montados mais 12 leitos de terapia intensiva na Santa Casa de São Carlos. Mas sem o apoio da população, logo ficaremos sem leitos de novo. Sabemos que todos estão cansados. E nós também estamos exaustos nessa batalha contra a Covid-19. Mas para que ninguém fique desassistido, é preciso que todos continuem usando máscara, higienizando as mãos e, principalmente, mantendo o distanciamento social", alerta Carolina.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON