Aguarde...

cotidiano

Velório do Padre Tombolato será transmitido pela internet

Diocese de São Carlos realizará os ritos fúnebres a partir das 12h; fiéis podem acompanhar nas redes sociais

| ACidadeON/São Carlos

Padre Antônio Tombolato, de São Carlos. Foto: Divulgação/Diocese
O velório do Padre Antônio Tombolato, vítima da Covid-19, será realizado nesta sexta-feira (30) e transmitido pelas redes sociais, segundo anunciado pela Diocese de São Carlos. 

O administrador diocesano Dom Eduardo Malaspina realizará o rito de exéquias do Cônego Tombolato às 12h, com transmissão pelas redes oficiais de comunicação da Diocese de São Carlos. Às 16h, a igreja sai em cortejo até a Funerária Sinsef. O padre deve ser sepultado em um dos cemitério do município, mas ainda foi definidio em qual.  

*Atualização: A Diocese havia informado na noite de ontem (29) que o padre seria cremado em Rio Claro e suas cinzas seriam depositadas no Santuário Nossa Senhora Aparecida da Babilônia. No entanto, às 10h30 foi informada a alteração nos ritos fúnebres. 

Triste despedida

O cônego Antônio Tombolato, de 93 anos, morreu de Covid-19 na quinta-feira (29). Ele estava internado na ala particular da Santa Casa de Misericórdia desde terça (27), quando testou positivo para a doença. 

Ele era conhecido e marcou sua presença na igreja por suas lutas sociais e trabalhos junto da juventude operária católica, desenvolvendo projetos assistenciais no município e também se tornando um aliado da lasse operária em defesa dos trabalhadores. Atuando também de maneira muito forte contra a repressão da ditadura. 

Foram mais de 60 anos na vida sacerdotal e 42 deles foram dedicados à paróquia Santa Isabel, que inclui o Santuário Nossa Senhora Aparecida da Babilônia.

Sua firmeza na pregação e adoração a Deus também o fez conhecido como o padre que expulsava demônios, fama que fez com que muitas pessoas de várias cidades da região o procurassem. 

"Ele deixou seu legado social enquanto agente de transformação na sociedade, na luta das causas sociais e pelo bem comum, deixou seu legado também no âmbito de igreja enquanto testemunho de padre, testemunho de doação de vida dedicada e doada. Padre dedicou até o último momento de sua vida o atendimento as pessoas, sendo exemplo daquilo que celebrávamos no domingo passado, a figura do bom pastor", disse o Padre Robson Caramano.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON