Aguarde...

cotidiano

São Carlos segue na fase de transição do Plano SP

Comércios e serviços não essenciais podem realizar atendimento presencial limitado a 25% da capacidade, das 6h às 20h; confira

| ACidadeON/São Carlos

São Carlos (SP), interior de São Paulo. Foto: Divulgação/Prefeitura
 

A cidade de São Carlos permanece na fase de transição do Plano São Paulo. O município informou que vai seguir as flexibilizações anunciadas pelo Governo do Estado na última quarta-feira (28/04), que fixou horário estendido das 6h às 20h para atendimento presencial em comércios e serviços não essenciais. A limitação de recebimento de 25% de capacidade também foi mantida. 

A prorrogação da fase de transição do Plano São Paulo para todo o estado permanece por mais uma semana, ou seja, até o dia 9 de maio. O horário estendido das 6h às 20h vale a partir deste sábado (01/05) para estabelecimentos comerciais, galerias e shoppings. O mesmo expediente poderá ser seguido por serviços como restaurantes e similares, salões de beleza, barbearias, academias, clubes e espaços culturais como cinemas, teatros e museus. 

A fase de transição mantém liberadas as celebrações individuais e coletivas em igrejas, templos e espaços religiosos, desde que seguidos rigorosamente todos os protocolos de higiene e distanciamento social. 

O toque de recolher continua em vigência em todo o Estado, das 20h às 5h, assim como a orientação para o teletrabalho para as atividades administrativas não essenciais e escalonamento de horário na entrada e saída das atividades do comércio, serviços e indústrias. 

"O comércio e o setor de serviços ficaram liberados para escolher o horário de abertura, de atendimento dos seus clientes, entre 6h e 20h, porém os protocolos sanitários são imprescindíveis e a fiscalização da Força Tarefa permanece nas ruas. Pedimos a colaboração de toda a população no sentido de não promover aglomeração. Não podemos correr o risco de retroceder, precisamos ter responsabilidade com essas flexibilizações. Se cada um fizer a sua parte, se houver união, mais rápido vamos sair dessa situação", ressalta o prefeito Airton Garcia. 

O prefeito ressaltou, ainda, que vai manter o horário das repartições públicas com máximo de 50% dos servidores das 7h30 às 12h30, e 50% das 13h às 18h até 10 de maio. 

O Decreto Municipal que proíbe, de forma temporária, a locação de áreas de lazer e recreação com multa de R$ 10 mil pelo descumprimento, também permanece válido. 

Em São Carlos as denúncias de aglomerações devem ser realizadas no telefone 153 da Guarda Municipal.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON