Aguarde...

cotidiano

Apoio aos estudantes da UFSCar continua durante a quarentena

Estudantes da UFSCar permanecem sendo acompanhados durante a quarentena

| ACidadeON/São Carlos

Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (ProACE) da UFSCar. Foto: Divulgação/UFSCar
Após replanejamento das atividades para diminuir o contato físico entre as pessoas e apoio aos estudantes, a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) continua com serviços essenciais durante a quarentena.

Restaurantes Universitários - Os estudantes bolsistas do Programa de Assistência Estudantil da UFSCar (PAE) continuam recebendo regularmente suas bolsas e auxílios. A bolsa alimentação precisou passar por reorganizações operacionais diante do fechamento dos Restaurantes Universitários em função do avanço da pandemia da COVID-19.

Em um primeiro momento foram distribuídas marmitas e, atualmente, são entregues kits alimentícios aos bolsistas para evitar aglomerações e proliferação do novo Coronavírus.

Moradias -
Desde que a Reitoria da UFSCar instituiu o Comitê de Controle e Cuidados em relação ao novo Coronavírus, a Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (ProACE) vem, com supervisão técnica deste grupo, orientando os bolsistas, especialmente os residentes nas moradias estudantis.

Algumas orientações trouxeram dúvidas aos estudantes e, no dia 20 de março, foi realizada reunião virtual entre os membros do Comitê, profissionais da ProACE das áreas da saúde e assistência estudantil e os estudantes.

Foi discutida a ocupação das Moradias durante a pandemia, considerando que estas se encontram com quase 50% de sua capacidade, e possíveis ações para apoio e assistência aos estudantes.

De forma direta, o médico infectologista e Presidente do Comitê da UFSCar que trata do novo Coronavírus, Prof. Dr. Bernardinho Souto, afirmou que é necessário manter o isolamento domiciliar com muito rigor. Além disso, também são necessárias medidas para reduzir a quantidade de pessoas por quarto para, então, diminuírem as chances de possível infecção.

Estudantes indígenas - Paralelamente, a ProACE deu início a ampla discussão sobre a situação dos estudantes indígenas que estão nos campi da UFSCar, uma vez que este possuem pecualiaridades que precisam ser atentamente observadas.

Na quarta-feira (24), a Pró-Reitoria realizou reunião com os estudantes indígenas por meio da representação do Centro de Cultura Indígena (CCI).

Também compuseram esta reunião a Secretaria de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade (SAADE/ UFSCar), a Pró-Reitoria de Graduação (ProGrad), a Coordenadoria de Acompanhamento Acadêmico e Pedagógico para estudantes (CAAPE) e representantes do Comitê da UFSCar que trata do novo Coronavírus.

"São cerca de 180 estudantes indígenas que permanecem nos 4 campi da UFSCar. Nem todos residem nas moradias e trabalhamos para apoiá-los de forma abrangente. Muitos não puderam retornar para suas casas, em comunidades indígenas, por diversos fatores: devido à distância, pelo medo de transmitir doenças a toda sua comunidade, devido à falta de transporte em razão da quarentena, dentre outros.

A UFSCar apoia estes estudantes e toda situação de vulnerabilidade deve ser informada imediatamente à ProACE", afirmou a Pró-Reitora Adjunta, Francy Mary Alves Back.

Retorno dos indígenas -
Por meio de formulário, a ProACE consulta os estudantes indígenas sobre o interesse de retornar às suas cidades de origem. Mediante as demandas, a Universidade estudará formas de apoiar o retorno em segurança dos estudantes indígenas que manifestarem interesse por retornar.

A Reitoria buscou aproximação institucional para apoiar estes estudantes. Por meio de ofícios, realizou consulta à Secretaria Especial de Saúde Indígenas e à FUNAI para obter maiores informações sobre protocolos específicos para o enfrentamento da COVID-19 junto aos povos indígenas.

Reuniões à distância - As reuniões da ProACE e de diversas outras unidades da UFSCar vêm ocorrendo remotamente, por meio do Google Meet.

O serviço está disponível a todos da UFSCar. Quem não possui e-mail institucional pode criá-lo pelo SAGUI UFSCar.. Aqueles que não migraram sua conta institucional para o Gmail também devem fazê-lo para poder utilizar o Google Meet.