Aguarde...

cotidiano

Câmeras flagram vereador agredindo jornalista em São Carlos

O caso aconteceu na última quinta-feira (11). Jeferson Vieira, de 45 anos, afirmou que Leandro Guerreiro (PSB) o agrediu com um soco no rosto e um chute na barriga

| ACidadeON/São Carlos

Jornalista é agredido por vereador em São Carlos. 
CLIQUE AQUI PARA VER O VÍDEO

Câmeras de segurança flagraram o momento em que o vereador Leandro Guerreiro (PSB) agrediu um jornalista, de 45 anos, em São Carlos, na última quinta-feira (11). O caso aconteceu na Avenida São Carlos, em frente ao prédio de um jornal da cidade. Jeferson Christiano Vieira disse aos policiais que comentou em um programa de rádio as críticas que o vereador fez contra professores de uma escola onde foi colocado músicas de funk para os alunos ouvirem. Além disso, afirmou que defendeu os professores. 

De acordo com o Boletim de Ocorrência, após terminar o programa, o jornalista foi almoçar. Ao retornar ao jornal, Jeferson afirmou que o Leandro estava esperando por ele.  

Em seguida, o vereador teria questionado o jornalista sobre o que ele havia falado no programa. Jeferson repetiu o que havia dito e, na sequência, foi agredido por Leandro com um soco no rosto e um chute na barriga. Além disso, também teria chamado a vítima de "lixo" que defende "vagabundos e a "esquerda".  

Após as agressões, o vereador, que estava acompanhado de uma estagiária do gabinete dele, foi embora. O caso foi registrado no 3° Distrito Policial e será investigado pela Polícia Civil.     

Outro lado

Procurado pela reportagem do ACidade ON São Carlos, Leandro Guerreiro admitiu as agressões. Além disso, afirmou que perdeu a paciência porque o jornalista está perseguindo ele.

Repúdio

"A Abraji condena a agressão a Jeferson Vieira. Não há situação em que seja aceitável atacar e ferir um jornalista por causa de sua atuação. O sistema de Justiça deve apurar os detalhes do crime e aplicar as sanções cabíveis ao autor da violência, para que a impunidade não sirva de incentivo a novos ataques", disse a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) em nota divulgada na tarde de hoje.  

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo também se manifestou contra a atitude do vereador dizendo que "considera totalmente inaceitável esta reação de absoluta violência. É uma tentativa de censurar, pelo uso da força, a liberdade de expressão e o exercício profissional do jornalista, e como tal precisa ser combatida. A entidade também apóia a decisão de Jeferson de fazer denúncia ao Poder Público, e cobra das autoridades competentes celeridade na apuração do crime e nas providências legais. Junto com o jornalista, o Sindicato debate outras medidas possíveis", finalizou.




Mais do ACidade ON