Aguarde...

ACidadeON São Carlos

SÃO CARLOS
mín. 20ºC máx. 36ºC

Cotidiano

Câmeras flagram criminosos invadindo e explodindo agência bancária

Cera de 10 homens armados com fuzil assaltaram uma agência da Caixa Econômica Federal no Centro

| ACidadeON/São Carlos

Imagem mostra ação de criminosos

 
Câmeras de segurança de um prédio na Rua Conde do Pinhal, no Centro, flagraram a ação da quadrilha que invadiu, explodiu e assalto agência da Caixa Econômica Federal na madrugada de quarta-feira (6). No vídeo é possível ver a chegada dos criminosos em um carro branco e parte ação na área externa, além de muita fumaça saindo de dentro do banco após a saída dos assaltantes. 

O carro dos bandidos estacionou obstruindo a passagem da via por volta das 3h30, porém a ação durou mais de 30 minutos. Só depois das 4h os criminosos deixaram o prédio da Caixa Econômica Federal, pouco antes da chegada das viaturas da Polícia Militar. 

Relatos de moradores apontam para mais de 10 homens fortemente armados de fuzis e equipados com coletes à prova de bala. Vários dispositivos perfurantes pelo asfalto, para evitar que viaturas e outros veículos cruzassem a pista, além disso, foram efetuados vários disparos de fuzil para coibir moradores que tentassem sair de suas casas.  

No final do assalto, é possível ver bastante fumaça saindo de dentro da agência. Até o momento não foi divulgada a quantia roubada pelos assaltantes. O caso está sob investigação da Polícia Federal.

Confira a ação gravada: 

 

Um motorista de aplicativo relata que escapou da morte por pouco. O homem de 40 anos, que não quis se identificar, relatou que passava pela Rua Conde do Pinhal, próximo a agência bancária, quando foi surpreendido por um homem armado com fuzil e equipado com colete à prova de bala. "Eu achei que era um policial, mas ele estava encapuzado, nessa hora eu percebi que era bandido. Ele correu na minha direção com o fuzil apontado para minha cabeça já dizendo 'vai morrer, vai morrer'. Eu falei que estava trabalhando desde às 14 horas, aí ele disse para eu atravessar o carro na rua. Nisso eu consegui sair correndo e eles atiraram três vezes".  

O motorista foi rendido, mas conseguiu correr até o batalhão da PM mais próximo. "Cheguei lá e precisava voltar, porque esqueci minha bomba de asma. Quando voltei já não tinha mais nada, só um monte de viatura. Mas eles jogaram a minha chave fora. Agora eu só penso que poderia ter morrido", disse. Um dos moradores presenciou a cena pela janela e ele diz que a situação parecia zona de guerra. "Nossa, era explosão a todo momento, tiro, ninguém entendia nada, eu só senti medo", afirmou.  

Outra pessoa que passou por apuros foi um dos funcionários do Hotel Caiçara, localizado na esquina ao lado do banco. Os bandidos perceberam a movimentação dentro do hotel e resolveram atirar. Os estilhaços do tiro acertaram o braço do funcionário, que precisou passar por atendimento. A marca deixada no vidro mostra o grosso calibre do armamento.   


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook