Aguarde...

ACidadeON São Carlos

SÃO CARLOS
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

DIG esclarece assassinato de mecânico encontrado amarrado na Vila Isabel

A polícia identificou dois homens como autores do crime, um deles foi morto a facadas na última semana.

| ACidadeON/São Carlos

Acusado de matar mecânico é assassinado com 10 golpes de faca nas costas e um no pescoço. Foto: ACidade ON São Carlos

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de São Carlos concluiu o inquérito sobre o homicídio do mecânico Reginaldo Celso Marcomini, de 50 anos, encontrado morto com as mãos e os pés amarrados na Vila Isabel. Dois suspeitos de envolvimento no crime foram identificados pela polícia. 

Segundo o delegado Gilberto de Aquino, um dos responsáveis pelo crime era Marcos Santos Xavier, de 31 anos, morto a pauladas e facadas no último dia 20 deste mês. Ele foi na Rua José Mancini, também na Vila Isabel.

O outro suspeito, identificado como Bruno de Lima Kubwezer, teve prisão temporária decretada e está foragido. Agora a DIG investiga quem seriam os autores do crime praticado contra Marcos.  


 


Motivação  

Delegado Gilberto de Aquino deu detalhes sobre o caso. Foto: ACidade ON São Carlos


De acordo com Aquino, o homicídio de Reginaldo Celso Marcomini foi motivado por dívidas com prostituição e drogas. Segundo o delegado, a namorada de Márcio teria acusado um homem de estuprá-la e não pagar o valor de um programa. Por isso, ele e o amigo Bruno teriam tirado satisfações com o mecânico.

O inquérito também apurou que a namorada teria dito que ele não era a pessoa a quem ela tinha se referido, mas mesmo assim ele foi morto a pedradas. Segundo o delegado, os três envolvidos eram usuários de drogas.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON