Aguarde...

ACidadeON São Carlos

SÃO CARLOS
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Homem é morto pela polícia após briga com a esposa

Ele estava armado com um facão e ameaçada a mulher e um garoto, a polícia chegou e tentou negociar, mas não teve acordo

| ACidadeON/Araraquara

Homem morre com tiro da polícia em Rincão (Foto: Redes Sociais)
 
Um trabalhador rural de 32 anos foi morto com um tiro no peito disparado por um policial militar, no início da noite do último domingo (1º), no Centro de Rincão. A Polícia Militar atendia uma ocorrência de violência doméstica quando houve o disparo.  

Djeimis Wilian Nunes Bispo seria usuário de álcool e crack e estaria alterado e agressivo. Segundo relatório policial, ele estaria ameaçando de morte a companheira dele, uma mulher de 37, e o filho dela, 16, com um facão.   

A PM foi chamada e tentou negociar para que ele largasse a arma e se entregasse, o que não aconteceu. Em seguida, ele foi atingido por um tiro no peito, disparado por um dos policiais que atendiam a ocorrência.  

O homem chegou a ser socorrido até o Pronto Socorro da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O tiro acertou o peito e transpassou as costas.  

Na casa da família, que fica na Rua XXI de Novembro, ao lado da Associação Comercial de Rincão, no Centro da cidade, a Polícia Civil encontrou o facão e três estojos vazios de arma de fogo.  

A residência estava revirada, e a Polícia Civil encontrou ainda duas perfurações de arma de fogo na porta da associação comercial, e uma na placa em frente.  

O corpo do homem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal para a realização de exames necroscópicos.   

Imagens de câmeras de segurança próximas também foram solicitadas.  

A arma do policial militar, além de três cartuchos deflagrados e três projéteis, foi apreendida.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON