Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Justiça absolve agressor de indígena que teve braço amputado em São Carlos

Vítima de 39 anos foi espancada por três homens no dia 18 de janeiro. Caso aconteceu após uma discussão em um bar no Jardim Cruzeiro Sul

| ACidadeON/São Carlos

Polícia identifica e ouve dois suspeitos de agressão a indígena que perdeu o braço
 

Um homem que é acusado de ter agredido um indígena, de 39 anos, no dia 18 de janeiro, em São Carlos, foi absolvido pela Justiça. O julgamento foi realizado na quinta-feira (5) no Fórum Criminal. O caso aconteceu após uma discussão em um bar no Jardim Cruzeiro do Sul.  

O réu, que não teve a identidade divulgada, respondia por lesão corporal e tentativa de latrocínio. O ACidade ON São Carlos não teve acesso à sentença do juiz nem a defesa dos envolvidos.  

Julgamento  

Ao todo, o juiz ouviu sete testemunhas, sendo cinco de acusação e duas de defesa, além da vítima e do réu. Após prestar depoimento, o indígena foi para a Casa de Saúde Indígena, em Brasília, instituição ligada ao Ministério da Saúde.  

Acusação de furto e agressão  

Policiais civis foram até o hospital e o ajudante de serralheiro relatou que no dia da agressão, após o trabalho, foi a um bar com um colega de trabalho, na Rua Coronel Leopoldo Prado, no Jardim Cruzeiro do Sul. No local, ocorreu uma discussão entre eles e o homem acusou o ajudante de ter furtado R$ 100 dele.

Segundo o boletim de ocorrência, o colega de trabalho saiu do bar e em seguida voltou com mais dois indivíduos que iniciaram novamente uma discussão e começaram a agredir a vítima.  

Os três suspeitos levaram o homem em seu carro até uma comunidade e continuaram a violência.  

Em seguida, o levaram para a casa dele com a intenção de obter algo de valor, mas não conseguiram.  

O ajudante foi abandonado ferido na região de um conjunto habitacional e procurou socorro, sendo atendido em uma Unidade de Pronto-Atendimento e encaminhado para a Santa Casa.   


Leia mais: Indígena que perdeu braço após ser espancado diz ter sido ameaçado na Santa Casa

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON