Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Polícia Federal cumpre mandado judicial em Dourado

Operação "Voo Baixo" tem como objetivo acabar com uma organização criminosa internacional especializada no tráfico de drogas

| ACidadeON/São Carlos

Operação "Voo Baixo" foi realizada na manhã desta quarta. Foto: Divulgação/ Polícia Federal
 

A Polícia Federal cumpriu um mandado judicial na manhã desta quarta-feira (4) em Dourado. Segundo as primeiras informações, um morador da cidade teria sido detido pela PF.  

A ação faz parte da operação "Voo Baixo", que tem como objetivo acabar com uma organização criminosa internacional especializada no tráfico de drogas.  

Ao todo, 46 mandados foram cumpridos em diversas cidades paulistas. Além dos mandados judiciais, foram realizadas apreensões de 15 aeronaves, bem como solicitado o sequestro de imóveis, dentre eles três fazendas.   

Operação "Voo Baixo" foi realizada na manhã desta quarta. Foto: Divulgação/ Polícia Federal

"Voo Baixo"  

Segundo a PF, o grupo criminoso era comandado por um suposto empresário do interior de São Paulo, que articulava a compra e o transporte aéreo da droga de traficantes bolivianos. Ele recebia a cocaína no Mato Grosso do Sul e a transportava por meio de aviões ao Estado de São Paulo. Iniciada em maio de 2018, a ação da polícia federal resultou em apreensões que totalizam, aproximadamente, 2.6 toneladas de cocaína e na prisão de outras 11 pessoas.  

Os investigados serão indiciados pela prática de crimes de tráfico de drogas (artigo 33, parágrafo 1º, inciso I, da Lei 11.343/06) e associação para o tráfico de drogas (artigo 35 da mesma lei), com penas de 05 a 15 anos e multa e 03 a 10 anos e multa, respectivamente.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON