Aguarde...

cotidiano

Suspeito de atirar em entregador é detido com outra arma

Homem de 31 anos confessou o crime na tarde de ontem e, horas depois, foi preso com um novo revólver em sua casa.

| ACidadeON/São Carlos


Um revólver calibre 38 foi apreendido (Foto: arquivo/ilustrativa)

Um homem de 31 anos, acusado de atirar contra um entregador em uma briga de trânsito na última quarta-feira, foi detido durante a noite de ontem (10) por posse ilegal de arma de fogo. Horas antes de ser detido ele já havia se apresentado à delegacia policial, confessado o crime e apresentado outro revólver. 

De acordo com o registro da ocorrência, a Polícia Militar recebeu a denúncia de que o suspeito estava em uma casa no bairro São Carlos 8, com um revólver. 

Ao receber os policiais em sua residência, ele afirmou que já havia se apresentado à delegacia durante à tarde. Entretanto, por se mostrar nervoso ao ser indagado sobre a posse de outra arma, os militares solicitaram averiguação do imóvel, a qual foi autorizada. 

Em revista, um revólver calibre 38 foi localizado dentro de um pote. O suspeito acabou detido e levado ao Plantão Policial, onde foi autuado em flagrante. Sua companheiro pagou o valor de R$ 1.1 mil e ele foi liberado. 

Indiciado   

Delegado Maurício Antônio Dotta e Silva (Foto: Arquivo/EPTV)

O mesmo rapaz assumiu ter atirado contra um entregador na noite de quarta-feira (8), durante uma discussão no trânsito. De acordo com delegado Maurício Dotta, ele confessou os crimes e entregou o revólver utilizado.  

"O setor de investigações do 1° DP conseguiu identificar esse rapaz que teve esse problema com esse entregador e conseguimos que ele confessasse sua participação nesse delito. Além de um outro, no próprio bairro dele, quando ele também alvejou com dois tiros um vizinho. E um outro caso, em que ele praticou danos contra o portão de uma outra residência", explicou Dotta. 

Ele foi indiciado pelas duas tentativas de homicídio e pelo dano contra o portão de uma outra vizinha. Por enquanto, ele vai responder em liberdade, mas o delegado vai analisar a possibilidade de pedir a prisão preventiva do suspeito.

Ainda segundo a Polícia Civil, o homem tem passagem pelo crime de furto. Agora, soma-se também a autuação por posse ilegal de arma de fogo.  


LEIA TAMBÉM: 

Polícia indicia suspeito de atirar contra entregador e em vizinho 

Jovem baleado no trânsito conta detalhes do que aconteceu

Mais do ACidade ON