Aguarde...

cotidiano

Suspeito de roubar casal de idosos no Bandeirantes é preso

Durante o crime, José Lourenço, de 83 anos, sofreu um infarto e morreu. Caso aconteceu no dia 18 de maio

| ACidadeON/São Carlos

Polícia Militar esteve no local no dia do crime. Foto: Maicon Ernesto/ Rádio Sanca Web Tv
 

Policiais da Delegacia de Investigação Geral (DIG) prenderam um homem de 32 anos na tarde desta quarta-feira (27). Ele é suspeito de ter praticado um roubo contra um casal de idosos no dia 18 de maio. Durante o crime, José Lourenço, de 83 anos, sofreu um infarto e acabou morrendo.  

O delegado Gilberto de Aquino explicou que, na manhã do dia do crime, o criminoso foi até a casa de José Lourenço, no Jardim Bandeirantes, e demonstrou interesse em comprar um imóvel que o idoso estaria vendendo no bairro São Carlos VIII.  

Para tratar do negócio, eles combinaram de se encontrar novamente na casa do idoso no período da tarde. O criminoso foi até a residência, onde foi recebido por José Lourenço.  

Após conversar um pouco sobre o imóvel, o suspeito anunciou o assalto e passou a agredir a vítima, que começou a passar mal e morreu após sofrer um infarto.  

Antes de fugir da casa, o criminoso também teria rendido a mulher de José Lourenço e roubado duas alianças. 

Ainda de acordo com o delegado, o homem conhecia o casal e já havia sido inquilino deles há uns três anos. No entanto, como ele estava usando máscara e óculos de sol no momento do crime, as vítimas não o reconheceram.  

José Lourenço sofre uma parada cardíaca durante o assalto. Foto: Arquivo pessoal/ Imagem cedida

Prisão  

Após o crime, a equipe de investigação da DIG, através de câmeras de segurança da rua onde mora o casal, conseguiu identificar a placa do carro que o criminoso usou para fugir do local.  

A partir disso, eles chegaram até o suspeito, que mora no bairro São Carlos VIII. Ainda segundo a polícia, o carro usado no crime estava na casa dos pais do criminoso, na Vila Jacobucci.  

O criminoso foi encaminhado à DIG, onde prestou depoimento e permaneceu à disposição da Justiça. De acordo com o delegado Gilberto de Aquino, a prisão temporária do suspeito foi solicitada ao juiz.   



Mais do ACidade ON