Aguarde...

cotidiano

"Ela tá morrendo", disse criança de 9 anos ao ver avó ser esfaqueada

Irmão da vítima foi procurado pela garoto e contou o que ela disse ao pedir socorro

| ACidadeON/São Carlos

Idosa foi morta na frente da neta de 9 anos - Foto: divulgação

O irmão da mulher de 60 anos, assassinada a facadas na frente da neta, contou que a menina pediu ajuda a ele dizendo: "Tio, corre lá em casa que o José deu facada no peito da avó, ela tá morrendo", relatou à reportagem da EPTV Central.

O crime aconteceu na madrugada desta sexta-feira (11), no bairro Castelo Branco. João Poli era irmão de Maria de Fátima, assassinada a facadas pelo esposa, após ela se recusar a ter relações sexuais com ele. 

De acordo com o delegado responsável pela ocorrência, Gilberto de Aquino, o assassino chegou em casa embriagado e começou a discutir com a vítima.  


Maria de Fátima, de acordo relato de familiares às autoridades, já queria se separar do homem com quem estava casada há 4 anos. 

A neta de 9 anos de idade estava passando uma temporada do isolamento social com a avó. Ela viu quando José Carlos Donizete agrediu Maria e cravou uma faca em seu peito. 

A menina ainda tentou retirar a faca, mas não conseguiu. Um vigilante que passa pela rua ouviu o pedido de socorro e o tio da menina também foi acionado. 

José foi preso em flagrante pelo crime de homicídio doloso, aquele em que há intensão de matar.

Mais do ACidade ON