Aguarde...

cotidiano

Acusado de matar idoso de 83 anos em assalto é condenado a 30 anos de prisão

Caso aconteceu em 18 de maio, no Jardim Bandeirantes. Rapaz anunciou o assalto e agrediu José Lourenço, que teve uma parada cardíaca e morreu

| ACidadeON/São Carlos

José Lourenço sofre uma parada cardíaca durante o assalto. Foto: Arquivo pessoal/ Imagem cedida

A Justiça condenou a 30 anos de prisão um homem de 32 anos suspeito de matar João Lourenço, de 83 anos, em um assalto a residência em maio deste ano no Jardim Bandeirantes, em São Carlos (SP). Idoso sofreu uma parada cardíaca durante o crime.

O julgamento aconteceu na última sexta-feira (9). De acordo com a decisão, o homem deve responder pelo crime de latrocínio em regime fechado na Penitenciária de Araraquara (SP), onde está preso desde 27 de maio.

O advogado do suspeito, Reginaldo da Silveira, informou ao portal ACidade ON que vai recorrer da sentença ainda nesta semana. "Há possibilidade de discutir o crime de roubo porque o laudo pericial não demonstrou latrocínio", disse.  


Entenda o caso
O crime aconteceu em 18 de maio. O delegado Gilberto de Aquino explicou que, na manhã do dia do crime, o criminoso foi até a casa de José Lourenço, no Jardim Bandeirantes, e demonstrou interesse em comprar um imóvel que o idoso estaria vendendo no bairro São Carlos VIII.  

Para tratar do negócio, eles combinaram de se encontrar novamente na casa do idoso no período da tarde. O criminoso foi até a residência, onde foi recebido por José Lourenço. Após conversar um pouco sobre o imóvel, o suspeito anunciou o assalto e passou a agredir a vítima, que começou a passar mal e morreu após sofrer um infarto. Antes de fugir da casa, o criminoso também teria rendido a mulher de José Lourenço e roubado duas alianças.  

Ainda de acordo com o delegado, o homem conhecia o casal e já havia sido inquilino deles há uns três anos. No entanto, como ele estava usando máscara e óculos de sol no momento do crime, as vítimas não o reconheceram.

Mais do ACidade ON