Publicidade

cotidiano

GMs disparam para o alto após serem hostilizados em ação em São Carlos

Guardas informaram que foram dar suporte ao Samu, mas acabaram sendo atingidos por pedras e garrafas jogadas pela população na região do CDHU

| ACidadeON/São Carlos -

Guarda Municipal de São Carlos (SP). Foto: Divulgação/GCM

Guardas municipais relataram terem sido agredidos durante uma ação na noite de domingo (10), no bairro Vila Izabel, em São Carlos (SP). Eles efetuaram 14 tiros para o alto e alegaram estarem tentando se proteger.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, os guardas municipais foram prestar apoio a uma viatura do Samu acionados para atender um chamado de surto psicótico nos prédios do CDHU. No local, relataram que foram hostilizados pela população e ficaram feridos após serem atingidos por pedras e garrafas. Três viaturas, com um total de oito guardas, estavam na ocorrência.

Veja mais notícias policiais de São Carlos e região

A guarnição ainda relatou que utilizou gás de pimenta para dispersar a população, mas sem efeito, e que para se protegerem efetuaram 14 tiros para o alto utilizando uma carabina .40 e uma pistola calibre 380, de propriedade da prefeitura municipal de São Carlos.

Três guardas ressaltaram que ficaram feridos e passaram por atendimento médico, incluindo um morador envolvido na ação, que alegou estar com dores de cabeça após ter sido agredido com coronhadas na cabeça. Os guardas permaneceram no hospital com ferimentos na cabeça.

As armas utilizadas foram apreendidas para exame pericia. O comando da Guarda Municipal foi informado sobre o ocorrido.

Mais notícias


Publicidade