Aguarde...

Vacinas

Covid-19: SP inicia vacinação em deficientes e grávidas sem comorbidades na quinta (11)

Governo estadual também antecipou a vacinação para todos os públicos sem comorbidades; veja critérios para receber o imunizante veja critérios para receber o imunizante

| ACidadeON/São Carlos

Grávidas entrarão para o grupo prioritário. (Foto: TV Brasil)

O governador João Doria (PSDB) anunciou o início da vacinação contra a Covid-19 em grávidas e puérperas sem comorbidades e pessoas com deficiência permanente a partir desta quinta-feira (11).

De acordo com o governo estadual, as grávidas e puérperas - mães que deram a luz há 45 dias -, somam 400 mil pessoas. Para o grupo, serão utilizadas os imunizantes do Butantan e da Pfizer.

"Começaremos a vacinar um grupo de 400 mil grávidas e mulheres que deram a luz recentemente, dando prioridade a essas mulheres no cronograma de vacinação", disse João Doria.

Com esse novo grupo também começa a vacinação de pessoas com deficiências permanentes - física, sensorial ou intelectual - que tenham entre 18 e 59 anos e não recebam o BPC.

Em São Carlos (SP), a adesão ao calendário estadual depende da chegada de novas doses, que deve ser anunciada pela Diretoria Regional de Saúde (DRS-3) ainda nesta quarta-feira (9). 

Veja mais:  

    - Covid-19: SP antecipa para sexta (11) vacinação de todos os profissionais da educação 

    - Plano SP: veja indicadores da região de São Carlos

Critérios para vacinação
Grávidas em qualquer idade gestacional devem apresentar a carteira de acompanhamento e/ou pré-natal ou laudo médico. Já as puérperas - com até 45 dias após o parto - precisam da declaração de nascimento da criança.  

As que tiverem comorbidades também podem ser imunizadas mediante apresentação da condição de risco por meio de exames, receitas, relatório médico ou prescrição médica.

Para deficientes permanentes, é obrigatória a apresentação de algum dos seguintes documentos: laudo médico que indique a deficiência; comprovação de atendimento em Centro de Reabilitação ou unidade especializada; documento oficial com indicação da deficiência; cartões de gratuidade do transporte público ou autodeclaração (na ausência de outro tipo de documento).

Antecipação para o público geral
O governo estadual também antecipou a vacinação contra Covid-19 de pessoas acima de 18 anos sem comorbidades. A expectativa é de que toda a população esteja vacinada até 18 de outubro.

O novo calendário já está disponível no site Vacina Já e traz o detalhamento de datas para todas as faixas etárias.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON