cotidiano

São Carlos está perto de 600 mil doses da vacina da Covid aplicadas

Quase 68 mil doses deixaram de ser aplicadas por causa de faltas; vacinação infantil não chegou a 77% do público

| ACidadeON/São Carlos -

São Carlos tem quase 600 mil. (Foto: Divulgação / Prefeitura)
São Carlos está prestes a atingir a marca de 600 mil doses de vacinas contra a Covid-19 aplicadas. São 595,5 mil aplicações, segundo balanço do Vacinômetro da Prefeitura.

As primeiras doses somam 239,8 mil aplicações e as segundas, 216,1 mil. Em termos percentuais, 94,2% e 84,9% da população geral recebeu as doses. 139,5 mil cidadãos receberam a terceira dose, o que representa 54,8% da população.

São Carlos também já aplicou 23.003 doses pediátricas, sendo 16.569 (76,87%) referente a primeira dose e 6.434 (29,85%) a segunda dose. A meta é vacinar 21.554 crianças com as duas doses nessa faixa etária.

Atrasadinhos
O Departamento de Vigilância em Saúde informa que de acordo com o relatório analítico de faltosos do Vacivida, a cidade contabiliza nesta terça-feira (22), 11,8 mil pessoas sem a segunda dose da vacina contra a Covid-19 e 55,8 mil que ainda não tomaram a dose de reforço.

Dos que ainda não completaram a imunização com a segunda dose, 1.537 deixaram de tomar a segunda dose da AstraZeneca, 6.452 da Coronavac e 3.533 da Pfizer e 334 não tomaram a Pfizer Pediátrica. Os jovens com 18 anos estão entre os mais faltosos somando 6.016 pessoas sem a segunda dose, seguido por 1.984 pessoas na faixa etária entre 20 e 29 anos e 1.369 pessoas entre 30 e 39 anos.

Entre os que ainda não compareceram aos postos de vacinação para receber a dose de reforço ou adicional, 18,6 mil são pessoas que receberam as duas primeiras doses da AstraZeneca, 22,4 mil da Coronavac, 12,9 mil da Pfizer e 1.900 receberam uma dose da Janssen. 15,1 mil pessoas da faixa etária entre 20 e 29 anos ainda não receberam a dose adicional, seguidas por 13,4 mil de 30 a 39 anos e de 40 a 49 anos ainda faltam 11,1 mil pessoas. Os idosos (60 anos ou mais) somam 6 mil pessoas sem a terceira dose.

Publicidade