Aguarde...

Economia

Cai a procura por bares e salões para reuniões de final de ano

Estabelecimentos acusam quedas de 20% a 30% na procura. Categoria acredita na crise econômica como causa do problema.

| ACidadeON/São Carlos

Empresário vê queda nas festas de empresas em bar em São Carlos Foto: Reprodução/EPTV

A procura de bares, restaurantes e buffets para confraternizações empresárias de final de anoa diminuiu em 2019. Representantes do setor empresarial acreditam que a crise econômica seja a causa dessa queda, é o que revela matéria produzida pela EPTV Central e divulgada também pelo G1 São Carlos.

Geralmente, entre os meses de novembro e dezembro, a procura por locais onde possam ser realizadas as confraternização é grande. Em um bar da cidade o movimento aumenta cerca de 30%, mas, neste ano, a procura pras confraternizações teve queda de 20%. A agenda para dezembro está com folhas vazias ainda, ao contrário dos anos anteriores. 

"Até dia 30 de novembro já estava com a agenda de dezembro praticamente cheia. A gente até dispensava reserva porque a casa não é tão grande e você tem que ter uma segurança. Isso acontecia muito ano ano passado e retrasado. Eu acredito que é a crise que estamos passando e os empresários estão economizando um pouco", disse o dono do bar Marco Benetti.   

Buffet aposta em outras festas para fugir da crise em São Carlos Foto: Reprodução/EPTV

 
O farmacêutico Fernando Bandoni trabalha em uma empresa de produtos para análises clínicas e está esperando uma decisão sobre a festa. "Todo funcionário gosta de uma festa, confraternizar com os amigos, é um momento super ideal para isso. Por enquanto não [falaram sobre festa]", disse.

O produtor de eventos Marco Antônio Paranhos tem uma empresa, que, além de outros serviços, também oferece buffet. Mas 2019 não saiu conforme o planejado e o movimento já caiu 30%. Portanto, ele correu atrás de outras comemorações, como casamentos.

"Nós temos que nos reinventar e entrar nessa área para atender no final do ano uma faixa que também dá muitas aquisições", disse.

Mais do ACidade ON