Aguarde...

Economia

Preço do etanol volta a subir e passa de R$ 3 em São Carlos

Presidente do Sincopetro afirma que variação é normal para a época e diz que o preço estava baixo na cidade.

| ACidadeON/São Carlos

Preço do combustível em São Carlos

O preço do litro do etanol em São Carlos ultrapassou os R$ 3 na manhã nesta semana. A alta já impacta no bolso dos consumidores, que se mostram insatisfeitos com a situação, comum em todas as cidades da região.  

De acordo com o Sistema de levantamento de preços da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço do litro do etanol nos postos de São Carlos podia ser encontrado a R$ 2,90 na última semana, dia 30 de dezembro.

Na manhã desta quinta-feira (9), o preço do litro nas bombas já chega aos R$ 3,10 em alguns postos. Na maioria, a gasolina se manteve próximo ao preço do final de 2019, em torno dos R$ 4,49. 

"Eu uso carro todo dia, faço faculdade e estágio. Pelo menos uns 30% do meu salário é para combustível. Não tem o que fazer, a gente que precisa do carro tem que ir se virando. tem que tirar [o dinheiro] de alguma coisa para poder abastecer o carro, cumprir seus compromissos", lamenta o estudante Vinícius Evair Estival. 

Preço do combustível em São Carlos

 
O presidente do Sindicado do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo do Estado de São Paulo (Sincopetro), Miguel Fernando Aiello, disse que o motivo da alta é pela queda no estoque de etanol. 

"O que acontece é que aqui estava com o preço muito baixo, por ser uma região que produz bastante etanol. Agora que entramos no período de entre safra, o estoque diminui e o preço acaba subindo", explicou. 

Mesmo com o aumento, o preço do etanol em São Carlos continua abaixo da média nacional. Segundo a ANP, preço médio do combustível é de R$ 3,174 por litro.

Aiello disse que o valor do etanol deve voltar a baixar conforme a produção aumenta no país. "É uma normalidade que acontece todo ano. No período de dezembro até março acontecem essas alterações. O preço cai quando inicia a safra. Não sei se é em abril ou maio", acrescentou. 


Mais do ACidade ON