Aguarde...

Economia

Startup de São Carlos lança nova opção de telefonia móvel

Com um serviço 100% digital, operadora dá liberdade para cada cliente comprar apenas os minutos de ligação e dados que vai usar

| ACidadeON/São Carlos

Foto: divulgação

Com autonomia para que clientes contratem apenas a quantidade de dados e minutos de ligações que vão usar, a Operadora de Telefonia Digital Fluke expande, nesta segunda-feira, a oferta do serviço inovador para mais de 40 milhões de moradores do Estado de São Paulo. Nesta nova alternativa, o controle do plano fica na mão do usuário, que acompanha por um aplicativo quanto está gastando e decide toda semana, se quer e o quanto deseja comprar a mais. 

Ou seja, se a pessoa vai ficar no wifi naquela semana e sabe que vai precisar menos de dados móveis, ela compra menos dados. Mas se sabe que vai viajar e precisa de mais dados, é possível contratar mais também. E se comprar a mais e não usar, os dados não expiram. "Muitas pessoas contratam um plano que não usam inteiro, porque não têm outra opção", defende Marcos Antônio Oliveira Júnior, CEO da empresa de telefonia 100% digital. 

De acordo com Marcos, as grandes operadoras lucram em cima do que o cliente paga, mas não usa. "Segundo uma pesquisa realizada pela Ericsson, são mais de 235 milhões de linhas móveis ativas pagando 1,5 Gb todos os meses sem usar. Isso dá quase R$ 4 bilhões por mês. As grandes empresas colocam um prazo de validade para a franquia de internet, para se certificar que que na expiração do plano o cliente perca o que não usou. Nós acreditamos que o consumidor tem o direito de usar tudo aquilo que de fato comprar", afirma o rapaz. 

Marcos é um dos seis jovens universitários inconformados com o mercado de telefonia do Brasil, que criaram a Fluke, em São Carlos, polo regional de startups no interior. Depois de representar o Brasil na International Business Model Competition, nos Estados Unidos, evento anual que premia a melhor ideia de negócio universitário do mundo, os rapazes dão mais um passo. 

Foto: divulgação

Com o atendimento aos usuários do DDD 16 - regiões de Ribeirão Preto, São Carlos e Araraquara, estabilizado, o time da operadora digital resolveu expandir os negócios em plena pandemia. "Atingimos a qualidade de serviço que esperávamos, nossos clientes estão muito satisfeitos, então decidimos aumentar o alcance, para mudar a lógica do mercado e ajudar as pessoas a economizarem", relata. 

Enquanto muitas pessoas ficaram presas a planos que não estavam usando durante a quarentena por causa da fidelidade que grandes operadoras exigem no contrato, os clientes da Fluke puderam reduzir o consumo sem problemas. José Eduardo Hamra, arquiteto e cliente da startup, conta que descobriu que antes pagava por dados que não consumia. "Eu tinha um plano de uma operadora tradicional e pagava por volta de R$100. Ficava no comodismo de que pagando esse valor por mês e não tendo problema, já estava bom. Mas aí decidi testar a Fluke e descobri que posso gastar R$ 30 por mês e ainda saber onde estou gastando", afirma. 

A startup oferece para os clientes, a liberdade de contratar quantos minutos de ligações e gigas de internet quiser, tudo por aplicativo. Com uma assinatura de R$ 2 por semana, o consumidor compra o quanto vai usar, gasta no seu tempo e só compra mais se precisar, sem ligar para um call center, ouvir musiquinha, anotar protocolos e ser transferido até alguém resolver o problema ou a ligação cair de novo. São R$12,00 por GB e R$ 0,10 por minuto ou SMS para qualquer operadora e localidade. Os usuários pagam apenas pelo tempo da ligação, sem taxas extras e o saldo não expira se a conta estiver ativa. Os pagamentos podem ser feitos por cartões de crédito e débito. 

As compras são semanais, e não mensais, como se dá nos planos pré e pós-pago tradicionais, para que o consumidor controle melhor seu uso. Garantindo não limitar a velocidade da conexão, o fundador da startup afirma que o serviço da operadora digital oferece mais velocidade e mais qualidade pra assistir vídeos na Internet. 


O atendimento é outro diferencial da Fluke, já que os clientes podem fazer tudo que desejam sem ter que ligar em nenhuma central de atendimento. Pesquisas de mercado apontam que as grandes operadoras convencionais investem em infraestrutura e marketing, mas não se preocuparam tanto em oferecer um serviço de atendimento de qualidade, nem em alcançar a expectativa dos clientes nesse aspecto. 

"O que se tem é um call center, com uma assistência engessada, genérica e ineficiente. 90 milhões de brasileiros trocam de empresas e planos todos os anos e não ficam satisfeitos com a experiência. Imagine não precisar falar com a central de atendimento da sua operadora de celular para alterar o seu pacote de dados e nunca mais perder tempo. O sonho de todo brasileiro já está à disposição de todos os moradores do Estado de São Paulo", conclui Marcos Antônio. 

Para pedir o chip da Fluke de graça, é só baixar o app Fluke ou acessar o site www.flu.ke. Basta preencher o cadastro e aguardar o chip chegar na sua casa.

Mais do ACidade ON