Aguarde...

Economia

ANTT libera desapropriações para Rumo construir novos viadutos

As construções serão realizadas em dois pontos de São Carlos; obras fazem parte de pacote de investimentos do modal ferroviário na cidade; veja onde serão as novas passagens

| ACidadeON/São Carlos

ANTT liberou a Rumo a realizar desapropriações para obras. Foto: Reprodução
A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou a Rumo Logística a realizar desapropriações para a construção de dois novos viadutos rodoviários em São Carlos. As obras devem reduzir o impacto da presença da linha férrea no trânsito de São Carlos.

Segundo a empresa, uma das intervenções será a construção de viaduto paralelo ao já existente nas proximidades da Praça Antônio Prado. A estrutura começará no largo e desembocará na rua Roberto Simonsen, ao lado do Poupatempo São Carlos.

Em deliberação publicada no Diário Oficial da União de quarta-feira (7), a diretoria colegiada da agência reguladora declarou como sendo de utilidade pública 23 áreas no km 203 + 554 m e outras seis áreas na altura do km 206 + 500 m da ferrovia que liga Jundiaí a Colômbia.

Na prática, a declaração de utilidade pública libera a operadora a realizar desapropriações para a implantação dos viadutos, obras necessárias para promover a ampliação da movimentação de trens. A ANTT libera ainda a invocação de caráter de urgência, medida que pode acelerar o processo de aquisição dos terrenos.

Apesar da urgência e utilidade pública da obra, a agência reguladora não eximiu a concessionária da ferrovia da obrigação de obter licenciamentos ambientais e outras documentações necessárias para a realização da obra.

Em nota, a Rumo Logística afirmou o projeto executivo das obras, ações de desapropriação, o cronograma e os custos dos viadutos "ainda serão definidos".

Composições maiores
Em fevereiro, o portal ACidade ON adiantou que a conexão da Malha Paulista à Ferrovia Norte-Sul iria aumentar a movimentação de trens em São Carlos. A Rumo então anunciou que prepararia o trecho que passa por São Carlos para a movimentação de trens maiores, com até 120 vagões. Atualmente, são movimentadas composições de 80 vagões.

Por dia, a empresa estima que sete trens com 120 vagões de grãos saiam de Rondonópolis (MT) em direção ao Porto de Santos (SP). A operação das composições ampliadas representará aumento de 50% na capacidade. Cada trem passará a transportar 11.500 toneladas úteis ao invés de 7.600 toneladas.

Além da duplicação de viadutos, o pacote milionário de investimentos da Rumo prevê nova passagem inferior e vedação da linha férrea. Para que as composições "caibam" no trecho urbano, o pátio de cruzamento de trens será ampliado, segundo a companhia. Cada comboio equivale à capacidade média de 261 caminhões.

Para 2021, a Rumo prevê que cerca de 40 milhões de toneladas de mercadorias cruzem São Carlos.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON