Aguarde...

Economia

Volkswagen paralisa fábrica em São Carlos por dez dias

Quebra na cadeia global de fornecimento de chips causou o fechamento da unidade produtiva, empresa cita "risco de agravamento" de crise produtiva

| ACidadeON/São Carlos

Motores de automóveis é o principal produto da pauta de exportação de São Carlos (SP). Foto: Divulgação / Volkswagen
A montadora alemã Volkswagen anunciou há pouco a paralisação das atividades em três de suas unidades brasileiras, entre elas, a fábrica de motores em São Carlos (SP).

De acordo com a empresa, a paralisação iniciará em 21 de junho e deve durar dez dias. Também ficarão paradas as áreas produtivas de São Bernardo do Campo (SP) e São José dos Pinhais (PR).

Segundo a fabricante, a paralisação da produção é por conta da escassez de semicondutores que está "levando a vários gargalos de fornecimento em muitas indústrias globalmente".

"Isso também gerou problemas no abastecimento da indústria automotiva ao redor do mundo desde a virada do ano. O resultado são adaptações em toda a indústria na produção de automóveis, o que também afeta as marcas do Grupo Volkswagen", disse a empresa.

De acordo com a empresa, a operação brasileira tem trabalhado, junto à matriz e fornecedores, para "minimizar os efeitos da escassez de semicondutores para a produção em suas fábricas no Brasil".

"Entretanto, o cenário atual não demostra o encaminhamento para uma solução definitiva visando a normalização do fornecimento de chips. Ao contrário, há sérios riscos de agravamento dessa situação nas próximas semanas".

A empresa não descartou futuras paralisações caso o cenário global de fornecimento de semicondutores permaneça crítico, segundo a empresa, "impactando diretamente as atividades de produção da empresa no Brasil".


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON