Publicidade

economia

Gasolina sobe e já custa mais de R$ 6 em São Carlos

Quem costuma pedir R$ 20 de gasolina nos postos está andando menos nesta segunda; álcool e diesel têm novos preços

| ACidadeON/São Carlos -

Postos remarcaram preços nesta segunda-feira (11). Foto: CBN São Carlos
A gasolina comum já passa dos R$ 6 nesta segunda-feira (11) em São Carlos (SP). Após aumento de preços no último final de semana, está mais caro abastecer o veículo na cidade. E não há refresco entre quem precisa encher o tanque, pois etanol e diesel estão com valores majorados.

Em um dos postos, a gasolina comum está R$ 0,22 mais cara desde o fim de semana. Por lá, passou de R$ 5,929 para R$ 6,149. Para encher o tanque de um dos carros mais vendidos do país, de 44 litros, são necessários R$ 10 a mais do que os R$ 260 antes do aumento. O posto mais caro da cidade tem a gasolina a R$ 6,199.

Juliana Zeferino abastece o veículo duas vezes na semana. Para ela, os aumentos são sentidos de forma "agressiva" para quem tem o consumo diário. Ela faz uso profissional do veículo, o que deixa cada centavo a mais na conta mais doído.

"Para nós que necessitamos e utilizamos sente de forma muito agressiva. E sem programação. Não só o uso de combustível e gás, mas até mesmo no consumo de outros produtos, na vivência diária. Seja mercado, enfim, para mim é bem delicado, complicado", comenta.

As comparações de preços foram feitas pelo ACidade ON São Carlos tendo como base a tabela aferida pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Quem costuma abastecer com gasolina aditivada vai pagar ainda mais. São R$ 0,20 por litro a mais nos estabelecimentos "de marca". Em um deles, o litro passou de R$ 6,199 para R$ 6,399.

Frentistas de um posto de combustíveis na região central afirmam que os fregueses estão ficando assustados com o preço nas bombas. Quem costumava encher o tanque acabou perdendo o hábito com os sucessivos aumentos dos combustíveis.

"O pessoal está assustado com o aumento. Deu mais de 7% de aumento. Alguns reduziram muito (o consumo), costumavam encher o tanque e deram uma diminuída, abastecendo duas vezes por semana, uma vez. Diante das viagens do feriado, deu uma queda em relação ao ano passado", comenta o frentista Adilson de Melo Ferreira.

Na cidade, o diesel S-10, mais limpo é encontrado entre R$ 4,799 e R$ 4,999. A comparação não é possível, pois a ANP não divulgou tabela de preços para o óleo na semana passada.

Etanol
O etanol não está compensando em São Carlos, de acordo com o levantamento feito hoje. O combustível vegetal está 77% o preço da gasolina, sendo que é vantajoso abastecê-lo quando seu preço é, no máximo, 70% do valor do combustível fóssil.

E ainda assim ficou mais caro nos últimos dias. Subiu, na média, R$ 0,10 nos postos. Saiu, nos mais caros, de R$ 4,699 para R$ 4,799. Quem quer economizar encontra ainda por R$ 4,729 em postos sem bandeira.

Quem trabalha nos postos sente a diferença. Para Celso Antônio Petrilli, frentista em um posto da cidade, os motoristas estão preferindo mais o combustível fóssil. "A gasolina está compensando mais".

"Regra dos R$ 20"
Nas rodas de conversa há quem brinque que os efeitos da inflação dos postos são reduzidos com a regra dos R$ 20. Uma vez abastecendo sempre o veículo com o mesmo valor, pelo menos mentalmente sempre vai pagar a mesma coisa.

Mas não é bem assim na ponta do lápis.

Na última semana, os R$ 20 têm valido menos quando se trata de combustíveis. Há uma semana, quem abasteceu R$ 20 com gasolina, com o combustível custando R$ 5,929 e o carro andando 13,9 km/l, conseguia circular 46,9 km. Hoje são 45,2 km, ou seja, 1,7 km a menos.

Para o etanol, os mesmos R$ 20, com o combustível a 4,629 e carro fazendo 9,9 km/l, era possível andar 42,8 km. Nesta segunda, são 41,9 km de autonomia ou 0,9 km a menos.

Mais notícias


Publicidade