Publicidade

economia

São Carlos pede audiência local para discutir pedágio na Washington Luís

Proposta do governo do Estado encontra contrariedade entre prefeitos de São Carlos e Ibaté; praça de cobrança encareceria viagem até Araraquara

| ACidadeON/São Carlos -

SP-310 pode ganhar novo pedágio. Foto: Divulgação
SP-310 pode ganhar novo pedágio. Foto: Divulgação
Após repercussão negativa da proposta da Agência de Transportes de São Paulo de instalar nova praça de pedágio na Rodovia Washington Luís (SP-310), a Prefeitura de São Carlos afirmou que pedirá ao governo do Estado uma audiência pública na cidade para discutir a possibilidade.

Em nota, a administração afirmou que quer ter o evento em solo são-carlense até para ter a oportunidade de manifestar contrariedade à iniciativa. Inicialmente, a Artesp agendou audiência somente em Araraquara, na quarta-feira (27), às 10h. 
 
Leia também: 
População e políticos reagem à proposta de novo pedágio na Washington Luís  
 
Artesp estuda implantar pedágio entre São Carlos e Araraquara

A falta de oitiva em São Carlos encontrou ressonância na Câmara Municipal. "São Carlos não foi levada em consideração pelo governo do Estado nem para receber as audiências públicas que irão ouvir a comunidade. Se o cidadão são-carlense quiser se posicionar terá que ir até Araraquara no dia 27", reclamou Roselei Françoso (MDB).

Os prefeitos Airton Garcia (PSL), de São Carlos, e José Luiz Parella (PSDB), de Ibaté, tiveram reações mais veementes contra a possibilidade de haver um pedágio na região. Em Araraquara, Edinho Silva (PT), manteve-se em neutralidade até a apresentação oficial da proposta.

Questionada sobre a possibilidade de incluir São Carlos no cronograma de audiências públicas para discutir nova concessão da SP-310, a Artesp afirmou que "moradores de São Carlos e de outros municípios que não puderem ir presencialmente ao local das audiências podem acompanhar e participar pela internet, no canal da Artesp no Youtube".

"Os locais de apresentação do projeto Lote Noroeste, que abrange 49 municípios, foram selecionados regionalmente e buscaram atender, de maneira mais próxima, o maior número de cidades possível", finaliza.

Mais notícias


Publicidade