Publicidade

economia

Combustíveis: Bolsonaro afirma que governo não interferirá em preços

"Alguns querem que a gente interfira no preço, mas não vamos interferir no preço de nada", afirmou presidente

| ACidadeON/São Carlos -

Bolsonaro diz que não pode fazer nada por alta de combustíveis. (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)
Na véspera de um novo reajuste do preço dos combustíveis, o presidente da República, Jair Bolsonaro, garantiu, hoje (24), que o governo federal não vai interferir na execução da atual política de preços da Petrobras e de nenhum outro setor.

Bolsonaro, no entanto, confirmou que tem conversado com o ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre o futuro da empresa energética, não descartando, inclusive, a opção de privatização hipótese que admitiu ser "complicada."

"Isto já foi feito no passado e não deu certo", disse o presidente ao admitir que não tem poderes para influenciar na definição de negócios e de preços da companhia.

Mais notícias


Publicidade