Publicidade

economia

São Carlos tem a gasolina e etanol mais caros entre cidades do mesmo porte

Derivado do petróleo chega a ser 24 centavos mais caro na Capital da Tecnologia; já o biocombustível é 15 centavos mais caro na média

| ACidadeON/São Carlos -

São Carlos tem a gasolina mais cara. (Foto: Denny Cesare/Código19)
São Carlos tem a gasolina mais cara dentre nove municípios paulistas de porte semelhante e entre as maiores cidades da região. É o que mostra levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo acidade on São Carlos.

Com R$ 6,64 de média, a gasolina comum em São Carlos está 24 centavos mais cara na comparação com a média de cidades com população entre 230 mil e 270 mil habitantes. No recorte, o combustível custa R$ 6,395 na média, com R$ 6,229 cotados em Jacareí, município do Vale do Ribeira cujo preço é o menor dentre os pesquisados. A poucos quilômetros de distância, Araraquara tem gasolina mais barata. Por lá, o derivado do petróleo custa, na média, 21 centavos a menos.

A média mais cara não se restringe à gasolina comum. O etanol, alternativa "verde" para abastecer os veículos, custa mais por aqui. Novamente São Carlos encabeça a lista de cidades com preços mais altos. São R$ 5,359 de média, o que coloca o derivado da cana 15 centavos mais caro do que nos outros municípios. Frente Araraquara, cidade próxima de perfil populacional parecido, o etanol é 25 centavos mais caro. Lá a média é de R$ 5,10.

Mas as notícias não de todo ruins para São Carlos. O diesel, por exemplo, tem preço menor do que a média dos outros municípios. A vantagem é de 4 a 6 centavos, a depender se a escolha é para o S10 ou o rodoviário. No primeiro caso, a cotação é de R$ 5,33, contra R$ 5,37 na média das cidades. O rodoviário, mais barato e poluente, vale R$ 5,206 em São Carlos, contra R$ 5,264.

Situação na região
Entre os principais municípios da região, São Carlos tem a gasolina mais cara, o etanol acima da média e o diesel entre os mais baratos.

Dados da ANP colhidos pelo acidade on mostram que os R$ 6,64 cobrados pela gasolina no município contrastam com os R$ 6,28 na média de Rio Claro, a cidade com o derivado do petróleo mais barato. Na média conjunta de São Carlos, Araraquara, Ribeirão Preto, Rio Claro e Porto Ferreira o preço fica em R$ 6,47.

O etanol está 11 centavos acima da média das cidades. Os postos oferecem o produto por 5,359. Já Araraquara, a cidade com o biocombustível mais em conta, o preço é mais baixo, R$ 5,10. Porto Ferreira, a cidade com o etanol mais caro, tem preço na casa dos R$ 5,46.

Nos comparativos, o diesel rodoviário são-carlense é o mais barato dentre as cidades pesquisadas. Aqui, o preço médio de R$ 5,206 é menor do que a média de R$ 5,269 e bem distante dos R$ 5,363 cobrados em Porto Ferreira, a cidade mais cara.

A situação se repete com o diesel S10, opção mais cara e mais limpa. São R$ 5,33 cobrados, naquele que é a segunda média mais barata no recorte feito. Rio Claro tem o menor preço, com R$ 5,308. Já Porto Ferreira e Araraquara dividem o posto de cidades com o diesel mais caro, com R$ 5,46. 
 
O Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo do Estado de São Paulo (Sincopetro) foi procurado para comentar os preços dos combustíveis mas não respondeu à reportagem.

Mais notícias


Publicidade