Publicidade

economia

Novo valor da passagem de ônibus passa a valer hoje (8)

Em São Carlos, a nova tarifa será de R$ 4,50 para quem pagar em dinheiro, mas permanece igual para quem utiliza o cartão de recarga

| ACidadeON/São Carlos -

Ponto de ônibus na rua Dona Alexandrina, em São Carlos. Foto: CBN

O novo valor da tarifa do transporte urbano passa a valer a partir desta quarta-feira (8) em São Carlos (SP). Para quem pagar a passagem em dinheiro, o preço é de R$ 4,50. 

O aumento não se aplica a quem utiliza o cartão de recarga, mas para quem tem desconto na tarifa de acordo com decretos municipais, o valor também foi reajustado. 

Para estudantes, a passagem será de R$ 2,25 (50% de desconto), domésticas que recebem salário mínimo do Estado de São Paulo, aposentados e pensionistas que recebem até um salário mínimo federal por mês vão pagar R$ 2,70 (40% de desconto); domésticas (Faixa II), operários, aposentados e pensionistas que recebem até dois salários mínimos federais por mês a tarifa vai ser R$ 3,60 (20% de desconto). 

De acordo com a prefeitura, que anunciou a alteração em 22 de novembro, o reajuste ainda está abaixo do acumulado do índice IPCA desde fevereiro de 2020, data da última alteração na passagem.  

Transporte público de São Carlos (SP). Foto: Divulgação/Prefeitura

Reclamações
O aumento gerou polêmica e descontentamento entre os vereadores ao longo desses dias. Alguns apontaram má qualidade do transporte oferecido e questionaram até se o aumento seria "para pagar as luzinhas natalinas", fazendo referência aos ônibus decorados colocados nas ruas neste mês de dezembro. 

Entre os usuários do transporte, a decisão também não foi bem aceita. Muitos apontaram atrasos no transporte, diminuição da frota e valor muito alto em relação à realidade de quem utiliza o serviço. "O pobre mal tem condições de comprar o que comer", disse Josemeire Bispo. 

Desde o anúncio do aumento a Suzantur não se manifestou. A empresa atua há anos em contrato emergencial no município. Não há previsão para uma nova licitação, mas o assunto já foi até tema de audiência pública. Recentemente, a Câmara de São Carlos (SP) instaurou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar possíveis irregularidades no transporte público municipal. A proposta foi apresentada pelo vereador Djalma Nery (PSOL).

Mais notícias


Publicidade