Publicidade

economia

Imposto de Renda: Receita Federal paga 3º lote de restituição

Segundo o órgão, serão 5.242.668 contribuintes contemplados, somando R$ 6,3 bilhões; veja como consultar e receber

| ACidadeON/São Carlos -

Receita Federal abre pagamento de 3º lote do Imposto de Renda 2022. Foto: acidade on

A Receita Federal paga nesta sexta-feira (29) o terceiro lote de restituições do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) 2022. O lote de R$ 6,3 bilhões também contempla restituições dos anos anteriores.

Ao todo, 5.242.668 contribuintes serão beneficiados. Desse total, são 5.134.337de contribuintes não prioritários que entregaram declarações de exercícios anteriores até 3 de maio deste ano.

O restante tem prioridade legal, sendo 9.461 idosos acima de 80 anos; 62.969entre 60 e 79anos; 6.361contribuintescom alguma deficiência física ou mental ou doença grave e 29.540 cuja maior fonte de renda é o magistério. 

LEIA MAIS 

Petrobras vai reduzir preços de combustíveis de aviação 

São Carlos tem saldo positivo de 586 vagas de emprego em junho

O prazo de entrega da Declaração do IRPF deste ano foi adiado para 31 de maio para diminuir os efeitos da pandemia de Covid-19, mas o calendário original de restituição foi mantido. O quarto lote deve ser pago em 31 de agosto, e o quinto lote está previsto para 30 de setembro.

Como consultar
Para saber se a restituição está disponível, é necessário acessar a página da Receita na internet (clique aqui), clicar em "Meu Imposto de Renda" e, em seguida, em "Consultar a Restituição". A página apresenta orientações e os canais de prestação do serviço, permitindo uma consulta simplificada ou completa da situação da declaração, por meio do extrato de processamento, acessado no e-CAC. Se identificar alguma pendência poderá retificar a declaração, corrigindo as informações que porventura estejam equivocadas.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que possibilita consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

O pagamento da restituição é realizado diretamente na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda. Se, por algum motivo, o crédito não for realizado (por exemplo, a conta informada foi desativada), os valores ficarão disponíveis para resgate por até 1 (um) ano no Banco do Brasil

Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de um ano, deverá requerê-lo pelo Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Demonstrativos > Meu Imposto de Renda e clicando em "Solicitar restituição não resgatada na rede bancária". 

VEJA TAMBÉM 

Mais de meio milhão de empresas são fechadas nos primeiros 4 meses do ano

Publicidade