Feira livre resgata tradição e oferece alternativa para a crise econômica

Além disso, agricultura familiar abastece Banco Municipal de Alimentos

    • ACidadeON/São Carlos
    • Rodrigo Peronti Rodrigues
 
ACidade ON - São Carlos
Público vem crescendo nas tradicionais feirinhas


As feiras livres representam uma tradição de pequenas e grandes cidades que não se perdeu com o tempo. Pelo contrário, cada dia mais feirantes e consumidores optam pelas “feirinhas”, como são conhecidas popularmente, na busca de alimentos e produtos frescos, produzidos em sua maioria de modo artesanal, com o mínimo de agentes químicos. Além disso, é uma oportunidade de sair de casa e se divertir, bater um papo, aproveitar um clima agradável e tomar um lanche também bastante tradicional: o famoso pastel de feira acompanhado de caldo de cana.

“Sempre fui à feirinha que tinha lá na rua das torres (Av. Grécia). Era aos domingos, ia com meu tio passear, conversar com os amigos e levava para casa vários alimentos frescos que eram preparados junto com o almoço. Era algo simples, mas muito gostoso, que a gente só percebe a importância quando acaba. Agora, eu estou sempre aqui comprando minhas verduras, um queijinho. É bom demais”, conta José Periani, de 47 anos, um dos moradores que aprecia as feiras de São Carlos.

Foi em 2012 que as feiras livres retornaram ao município. Antes disso, poucas vezes por ano, alguns feirantes resolviam se reunir para vender frutas e verduras. Hoje, São Carlos possui seis feirinhas que acontecem semanalmente, todas compostas pelos agricultores familiares cadastrados junto a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento.

A cidade conta com 137 pequenos produtores rurais cadastrados, os quais atuam muito além das feiras. “Eles fornecem, semanalmente, seis toneladas de hortifrutigranjeiros para o Banco Municipal de Alimentos, onde os produtos são recepcionados, selecionados, divididos em porções e depois distribuídos, gratuitamente, para 21 entidades assistenciais cadastradas e também para o preparo das refeições que abastecem os restaurantes populares do Cidade Aracy e da Vila Irene, além de alguns projetos municipais”, conforme informações da Prefeitura Municipal.

VEJA FOTOS DA FEIRINHA DA PRAÇA DA XV

São R$ 700 mil direcionados anualmente pelo poder público para o investimento em ações que visam a agricultura familiar. Os agricultores participam do Programa de Aquisição de Alimentos (PPA) implantado por meio de um convênio entre o Governo Federal e a Prefeitura de São Carlos. O programa permite a compra, com dispensa de licitação, de alimentos de agricultores familiares que possuem a DAP – Declaração de Aptidão ao Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar).

Oportunidade de vida

Assim, seguir o caminho da agricultura familiar em São Carlos é uma oportunidade de desenvolver o próprio negócio, ainda mais em tempos de crise econômica. Foi o que fez Natália Azevedo, que trabalhou por muito tempo no comércio até que decidiu se dedicar à agricultura familiar.

“Eu vendo o que produzo, eu e minha família na verdade. Saí do comércio e não penso em voltar, pois sempre tem feira e vale muito a pena, financeiramente e pela satisfação também, ter seu negócio é mais vantajoso. Além disso, nossa produção não se limita apenas para as feirinhas, existem estabelecimentos comerciais para os quais somos fornecedores”, conta Natália.
 

ACidade ON - São Carlos
Natália Azevedo largou o comércio para se dedicar ao próprio negócio


Toda a família está envolvida no trabalho, desde o plantio e a colheita até a venda. Alguns outros feirantes produzem uma parte do que vendem e compram outras de fornecedores que também são agricultores familiares do município. “É uma rede, né. Um ajuda o outro e assim todo mundo vai crescendo, eu não penso em largar por nada”, finaliza a feirante.

Onde acontecem as feirinhas

Feira do Santa Felícia
Sábados, das 6h às 12h
Local: praça da Opto, na Av. Bruno Ruggiero Filho

Feira da Praça da XV
Terças-feiras, das 6h às 12h
Local: Praça da XV, em frente a USP

Feira da Vila Nery
Quintas-feiras, das 6h às 12h
Local: Praça Brasil, na rua Marechal Deodoro em frente a Industrial

Feira do Bicão
Quintas-feiras, das 19h às 21h
Local: Parque do Bicão, no Jardim Boa Vista

Feira do Kartódromo
Sextas-feiras, das 16h às 21h
Local: Parque do Kartódromo, próximo a USP

Feira da Vila Prado
Domingos, das 6h às 12h
Local: Av. Grécia, na Vila Prado


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.