Publicidade

esportes

Após temporada marcada por dérbis, times de São Carlos já se preparam para a Copa São Paulo

Cidade se articula para voltar a sediar o evento; entenda

| ACidadeON/São Carlos -

Jogadores do São-carlense comemoram gol. Foto de arquivo: Divulgação/ Assessoria Grêmio São-carlense
 

Por Pedro Guilherme/CBN São Carlos 

Alguns podem considerar exagero chamar a temporada 2021 do futebol são-carlense de especial, mas ela foi, no mínimo, marcante. Mesmo em meio a um ano ainda devastado pela pandemia da Covid-19, que vitimou inclusive o Seu Benê, presidente do Grêmio, aos 69 anos de idade, as duas equipes de São Carlos conseguiram se organizar para a disputa da quarta divisão paulista e protagonizar os dois primeiros dérbis entre si na história.  

Os dois empates, por um lado, atravancaram a campanha da Águia, que após bom início sob o comando do técnico Marcos Campagnollo, não manteve o mesmo nível depois da saída do treinador para a Matonense, ficando longe de repetir as campanhas do bicampeonato na divisão. Por outro lado, o Lobão foi ganhando confiança ao longo dos jogos e terminou com sua melhor campanha desde o retorno em 2016, e, embora o acesso não tenha vindo, o time fechou a competição entre os oito melhores.  

Agora, o pensamento da dupla São-São se volta à preparação para a Copa São Paulo 2022. O São Carlos definiu a permanência do técnico João Batista. A equipe já dispensou alguns jogadores e, até o dia 30/11, recebe inscrições para atletas nascidos em 2002, 2003 e 2004. No Grêmio, o técnico Marcus Vinícius continua no comando, assim como seis ou sete jogadores que terão seus contratos renovados. A equipe sub-20, que jogou recentemente o Paulista da categoria, se reapresenta em cerca de três semanas para o início dos trabalhos visando à Copinha. Para a competição, haverá também avaliações nos times sub-15 e sub-17. Outra novidade é a contratação de uma empresa de São Paulo para a organização do time com o objetivo da obtenção do selo de "formador de atletas".  

Ainda sobre a Copa São Paulo do ano que vem, na última quinta-feira, representantes da cidade e o presidente Carlos Antunes, do São Carlos, estiveram em reunião na Federação Paulista de Futebol para solicitar a inclusão do município como uma das sedes da Copinha 2022.  

Após envio de ofício assinado pelo prefeito, a cidade espera agora a visita de agentes da FPF para confirmação do Luisão como um dos estádios da competição, como explica o secretário de esportes e cultura Luiz Lopes: "Agora vem uma comissão da Federação pra fazer uma vistoria no estádio e solicitar o que for necessário para poder realizar. A gente ainda não tem a confirmação de São Carlos como sede, mas acredito que nos próximos dias a gente já tenha essa confirmação".  

A ideia, segundo o secretário, é que as duas equipes da cidade fiquem no mesmo grupo e joguem no Luisão.


Mais notícias


Publicidade