Publicidade

lazerecultura

Sesc São Carlos traz espetáculo de teatro que faz tributo aos Racionais MCs

Encenação será nesta sexta-feira, às 20h no teatro da unidade; confira a programação

| ACidadeON/São Carlos -

Peça Farinha com açúcar ou sobre a sustança de meninos e homens. Foto: Divulgação/Sesc São Carlos

Neste final de semana tem programação teatral no Sesc de São Carlos. Nesta sexta-feira (6), Jé Oliveira apresenta um espetáculo teatral que faz tributo ao legado dos Racionais MCs. Já no sábado (7), haverá teatro para a criançada com a equipe do Trilhas da Arte.

Farinha com açúcar ou sobre a sustança de meninos e homens, com Jé Oliveira

A peça busca uma relação íntima com o público por meio da palavra falada e cantada e, para isso, utiliza-se da construção poética da presença cênica. Paisagens sonoras e imagéticas se materializam por meio do ato de contar, expor, refletir e dialetizar a experiência de ser negro na urbanidade. A peça é também tributária ao legado dos Racionais Mcs.

Dirigido e encenado por Jé Oliveira, o espetáculo retrata a experiência de ser homem negro na periferia de São Paulo e traz a força da musicalidade para o palco e é entendida como uma peça-show. É a materialidade cênica e poética que o dramaturgo escolheu para formalizar sua investigação sobre a construção da masculinidade negra periférica.

Em um ano, foram entrevistados 12 homens negros de diversas idades e ocupações, com a intenção de verificar alguma unidade nas trajetórias e buscar inspiração para a construção de uma narrativa sobre suas experiências.

Data: 6 de maio, às 20h.
Ingressos: R$ 30,00 (inteira); R$ 15,00 (meia); R$ 9,00 (credencial plena). 

Espetáculo O Pequeno Senhor do Tempo. Foto: Divulgação/Sesc São Carlos
O Pequeno Senhor do Tempo, com O Trilhas da Arte - Pesquisas Cênicas

Esse espetáculo narra a história do indiozinho Berimodo, uma criança curiosa, inquieta e dinâmica. Ele quer se tornar um homem grande para ser caçador e, com isso, ganhar o mundo. Então, ele descobre através do ensinamento do Vento, que só poderá se tornar um caçador quando sua plantinha crescer.

Ele terá que aprender muitos ensinamentos e lidar com sua impaciência. Uma história que possibilita a imersão do expectador no universo fantástico das lendas indígenas; mas que também remete às intermináveis esperas de quem vive os limites que o transporta para uma próxima etapa de vida.

Data: 7 de maio, às 16h.
Ingressos: R$ 25,00 (inteira); R$ 12,50 (meia); R$ 7,50 (credencial plena)

Mais notícias


Publicidade