Publicidade

lazerecultura

Artistas de São Carlos lançam projeto de valorização afro-brasileira

Felipe Côrtes e Nara Dom foram premiados pela Lei Aldir Blanc e produziram quatro vídeo-aulas; conheça o projeto

| ACidadeON/São Carlos -

compositor, instrumentista e educador Felipe Côrtes. Foto: Divulgação
O compositor, instrumentista e educador Felipe Côrtes, e a cantora e compositora Nara Dom, de São Carlos (SP), lançam nesta sexta-feira (21) um projeto cultural que visa valorizar a cultura afro-brasileira.

Na estrada há mais de vinte anos, o músico e produtor musical Felipe Côrtes fez a graduação em música pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Conservatório de Tatuí.

Desde 2010, vem trabalhando com Educação Musical e desenvolvendo uma proposta metodológica que valoriza a naturalidade do aprendizado e tem como referência os Métodos Ativos da Educação musical.

"Durante esse período, fiz muitos cursos e busquei referências em educação musical. E, com a prática com os meus alunos, percebi que eles aprendiam muito mais facilmente, com apoio de jogos de palavras. Como quando a gente aprende a nossa língua materna. A gente ouve, depois imita e só depois, entende o significado", explica o educador e compositor.

A partir desse conceito, Felipe Côrtes criou a oficina online "A Palavra Batucada". São quatro vídeo-aulas que estarão disponíveis no site e nas redes sociais do artista nesta sexta-feira (21) para adultos e crianças a partir de 5 anos.

Ao acessar esse conteúdo, o público vai ter contato, de forma simples e direta, com noções de percussão, passando por diferentes ritmos como o samba, o ijexá, o xote, o samba reggae, entre outros. 

Veja mais: 

    - Museu da Inclusão é o primeiro do país a receber Selo de Acessibilidade Digital 

    - Secretaria de Cultura monta programação para a Semana Nacional de Museus

Processo de aprendizagem
A professora do Departamento de Artes e Comunicação da UFSCar, Ilza Zenker Leme Jolly, afirma que o projeto vai facilitar o processo de aprendizagem das crianças.

"A Palavra Batucada é muito interessante. Com essa proposta metodológica, Felipe Côrtes junta palavras e as organiza em pequenas frases que, dessa forma, fazem sentido para entender os padrões rítmicos dos estilos de músicas brasileiras. Com isso, as crianças podem, muito mais facilmente, aprender, assimilar e tocar os ritmos brasileiros", comenta.

Além das oficinas, ao final das vídeo-aulas, tem uma apresentação. As canções são interpretadas pela cantora Nara Dom. Em três delas, Felipe Côrtes apresenta uma de suas composições. E um dos vídeos encerra com a obra "Lá na Mata", uma homenagem ao Mestre Walter de França, do Maracatu-Nação Raízes de África.

"O Mestre Walter do Maracatu Raízes de África de Recife (PE) é uma grande inspiração. Ele compôs a música Lá na Mata para presentear o grupo "Rochedo de Ouro" que é daqui de São Carlos. E é para homenagear essa grande referência do Maracatu, que resolvi encerrar uma das minhas vídeo-aulas com uma obra composta por ele", explica Felipe Côrtes.

Mais notícias


Publicidade