Aguarde...

ACidadeON São Carlos

SÃO CARLOS
mín. 20ºC máx. 36ºC

Política

Azuaite diz que Prefeitura de São Carlos prioriza automóvel

Durante a sessão desta terça-feira (26), o vereador aponta desarticulação nas ações por melhoria do trânsito

| ACidadeON/São Carlos

Vereador Azuaite faz declarações a respeito do trânsito de São Carlos (Foto: Divulgação/ Câmara)
 
O vereador Azuaite França (PPS), falando na tribuna da Câmara na sessão de terça-feira (26), abordou a questão da mobilidade urbana e afirmou que "em São Carlos está predominando a cultura do automóvel, a prioridade do carro em detrimento a vida". Em sua avaliação, a Prefeitura vem priorizando o espaço ocupado pelo automóvel, que é o estacionamento.

"Se formos fazer um levantamento estatístico das multas de trânsito em São Carlos, veremos que as multas por estacionamento supostamente irregular superam, de longe, todas as demais" argumentou o parlamentar. "Frequentemente, os clientes das áreas comerciais são multados porque os vorazes agentes de trânsito não os aguardam retornar do parquímetro. Não só o freguês, mas também os comerciantes são prejudicados. A indústria da multa mata o comércio", afirmou Azuaite.

"No entanto, não há preocupação com o excesso de velocidade, com a poluição sonora de motos e carros com escapamento aberto, com carros com caixas de som com volume máximo, com condutores que desrespeitam o sinal vermelho dos semáforos. Não vejo multas em quantidade significativa para esses atentados contra sossego público, a saúde e a vida", disse.

"Quantos o desmazelo com o trânsito já matou ou já feriu? Quanto o sistema público de saúde já gastou com os traumatizados do trânsito? Quanto vale uma vida perdida?", questionou o vereador. Azuaite recordou que "houve tempo aqui em que nos tínhamos pessoas como o delegado Dr. Tanganelli e o Capitão Figueira, um da Polícia Civil, outro da Militar, unidos com a Prefeitura de São Carlos organizando o trânsito e botando ordem nesta cidade".

"Hoje eu vejo uma desarticulação total. Não vejo delegado cuidando disso, não vejo a Policia Militar cuidando disso, não vejo a Prefeitura cuidando disso", acrescentou. O vereador, que também é presidente da sede regional do Centro do Professorado Paulista (CPP), observou que vem realizando um forte empenho, por meio daquela entidade de classe, pela educação para o trânsito, pela travessia segura e outras questões referentes à segurança no trânsito.

"Acho que estou perdendo as minhas energias nisso aí porque não estou encontrando reciprocidade de quem deveria ter", lamentou, para em seguida lançar uma indagação: "Falo dos semáforos na Vila Prado; a cada instante na Avenida Henrique Gregori existem acidentes e mais acidentes, eu reclamo e agora pergunto: Será que estão esperando que morram pessoas, estão esperando que automóveis ou moto matem alguém para depois colocar semáforo?".

Azuaite comentou que as cidades foram recentemente invadidas por "verdadeiros seres alienígenas que ganharam vida própria e autonomia e resolveram desenvolver uma guerra contra os cidadãos; ocupam seu espaço, tiram-lhes a vida, dominam a mente das pessoas, criam uma cultura e se transformam no mais cobiçado objeto de desejo dos homens, que são os automóveis".

"O homem está perdendo essa guerra contra o automóvel, que determinou uma cultura no mundo moderno e aqui em nossa cidade existem pessoas que pensam com a mentalidade imposta pelo automóvel e sua indústria, a indústria do petróleo", lamentou.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Veja também