Aguarde...

ACidadeON São Carlos

SÃO CARLOS
mín. 20ºC máx. 36ºC

Política

Vereadores criticam a prefeitura por 'farra' com o dinheiro público e caos na saúde

O dinheiro gasto no evento Conexidades, cerca de R$ 900 mil, foi novamente motivo de reclamações na Câmara Municipal de São Carlos

| ACidadeON/São Carlos

Vereador Robertinho Mori (PSDB) criticou o valor utilizado pela Prefeitura de São Carlos no Conexidades. Foto: Reprodução/ TV Câmara
 

Durante a sessão de terça-feira (11), os vereadores de São Carlos utilizaram a tribuna para expor alguns dos problemas que a população está precisando enfrentar na cidade.  

Falta de investimentos no Hospital Universitário, falta de professor para educação especial na Rede Municipal, falta de remédios de alto custo e a farra com o dinheiro público no evento Conexidades.  

'Farra' com o dinheiro público  

O vereador Roberto Mori Roda (PSDB) criticou a farra do dinheiro público por parte da Prefeitura de São Carlos com o Conexidades.  

De acordo com Roda, enquanto a cidade está atolada em problemas, a prefeitura gastou R$ 810 mil na realização do evento. 

"Eu achei um evento muito caro. Fiquei muito triste, porque naquela ocasião em todos os vereadores não votaram [a liberação de verba para o evento], o secretário Walcinyr Bragatto saiu, não sei se dando um recado, dizendo que: votando ou não votando, o município iria pagar cerca de R$ 900 mil e que estaria passando nesta casa somente para economizar R$ 140 mil".  

"R$ 200 mil por dia para acontecer esse evento. O Jardim Medeiros e, infelizmente, todos os bairros do nosso município estão com os buracos para serem tapados", concluiu o vereador.  

Além disso, afirmou que falta competência para a Secretária de Saúde na hora de comprar remédios de alto custo.  

Após citar dois casos em que duas famílias estão com os filhos pequenos sofrendo com a falta de canabidiol, Robertinho afirmou que o motivo é a incompetência do setor municipal responsável, que perde prazos e não tem o planejamento adequado.  

Luta pelos direitos dos deficientes  

O presidente da Câmara Municipal, Lucão Fernandes (MDB), mostrou preocupação com a falta de ambientes apropriados para crianças com algum tipo de deficiência.  

Com um neto especial em casa, o vereador demonstrou sensibilidade e afirmou que vai lutar por brinquedos adaptados nas principais praças de São Carlos.  

O primeiro local que deve receber os equipamentos deve ser o Parque do Kartódromo.  

O vereador Roselei Françoso (Rede) também apontou outra deficiência da cidade com relação aos deficientes: a falta de professores habilitados em educação especial e de agentes educacionais na Rede Municipal.  

Por conta do problema, se comprometeu a encaminhar um requerimento ao Executivo para solicitar mais informações sobre o assunto.  

Saúde  

O vereador Chico Loco (PSB), único médico entre os parlamentares da cidade, afirmou que o Hospital Universitário ainda não está funcionando em sua plenitude, o que vem causando transtornos aos moradores.   

Para conseguir que o local funcione como deveria, o parlamentar afirmou que é preciso esforço de todos os vereadores, que devem buscar recursos com deputados, senadores e também junto ao Governo Federal. 


Mais do ACidade ON