Aguarde...

ACidadeON

Voltar

Política

Vereadores aprovam criação de programa de tratamento da depressão pós-parto

Projeto de lei determina que o diagnóstico e o tratamento sejam oferecidos na Rede Municipal de Saúde de São Carlos

| ACidadeON/São Carlos

.

Na sessão de terça-feira (26), os vereadores de São Carlos aprovaram um Projeto de Lei (PL) para que seja criado um programa de diagnóstico e tratamento da depressão pós-parto na Rede Municipal de Saúde da cidade. Agora, o texto segue para a sanção do prefeito Airton Garcia (PSB).  

De acordo com o PL, de autoria do vereador Edson Ferreira (Republicanos), a depressão pós-parto é uma condição séria que acomete 15% das novas mães e requer tratamento médico imediato.  

Além disso, segundo estudos da Organização Mundial da Saúde (OMS), entre 10 e 15% das mulheres de países industrializados experimentam algum tipo de depressão nos primeiros cinco meses após o parto, sendo que 3 a 7% das gestantes são casos severos que exigem tratamento. "Desde 2017 que a gente está trabalhando nesse projeto, devido a algumas reclamações a gente teve de mães. Sabemos que muitas mães rejeitam o bebê, muitas tem depressão por conta da vida conjugal, o pai não aceita o filho; gravidez precoce; algumas vezes são adolescentes, que não estão preparadas para isso. Então nós sabemos que se tivesse uma triagem e eles pudessem detectar como está a saúde mental dessas mães, eu acho que poderia ajudar muito", explicou o Ferreira.  

O vereador agora espera que, após sancionada a lei, o Executivo divulgue o novo serviço para a população. "Seria bacana que tivesse uma campanha, para que as mães soubessem que tem alguém que dá apoio a elas nesses primeiros seis meses", concluiu.


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso. Para mais informações, consulte nosso TERMO DE USO"

Facebook

Mais do ACidade ON