Aguarde...

Política

Vereadores iniciam ano com cobranças e pedem até nova escola

Em meio a discussões sobre composição de comissões, parlamentares de São Carlos cobram limpeza urbana, recape e tapa-buracos

| ACidadeON/São Carlos

Câmara Municipal de São Carlos - Foto: ACidade ON São Carlos
Nos 13 primeiros dias de mandato, os vereadores de São Carlos (SP) apresentaram 29 requerimentos, cinco indicações e um projeto de lei. Os dados são disponibilizados pela Câmara Municipal em seu site na internet. Grande parte dos requerimentos e indicações são relacionados à temática de zeladoria urbana. Esses documentos deverão ser apresentados em plenário na segunda sessão, em 2 de fevereiro.  

Os vereadores realizam diversas solicitações. Entre as cobranças estão a realização de operação tapa-buracos nos bairros Jardim Dona Francisca, Jardim Tangará, Vila Alpes e recapeamento no Jardim São Paulo.  

Em busca de atender as solicitações dos munícipes e ainda dar andamento a promessas de campanha vereadores apresentam até solicitações de construção de escola. É o caso da indicação do vereador Robertinho Mori (PSL), que pede a implantação de unidades escolares de ensino infantil e educação básica na região do Recreio São Judas Tadeu.  

O único projeto de lei apresentado pelos vereadores é de Lucão Fernandes (MDB). Para estrear o novo ano legislativo, o vereador escolheu denominar uma área de lazer no Santa Felícia. A proposta, que dá nome de "José Roberto da Silva Ribeiro" ainda carece de tramitação até a votação.  

Na primeira sessão deste ano, em 26 de janeiro, será realizada a votação para composição das comissões permanentes da Câmara Municipal. A partir do funcionamento destes órgãos legislativos, os projetos de lei e outras propostas legislativas terão tramitação iniciada na Casa de Leis. Duas comissões chamam maior atenção do mundo político por conta de sua importância e peso decisório no cotidiano da Câmara: a Legislação, Justiça e Redação e Legislação Participativa e também a de Economia, Finanças e Orçamento.

Moções
Os parlamentares de São Carlos também podem se manifestar de temas por meio de moções. Das seis apresentadas, quatro são de pesar pelo falecimento. Dentre as moções, estão a de Bruno Zancheta (PL), que protestou contra o governador João Doria (PSDB) no caso de corte de repasses à Santa Casa de São Carlos. Em outro documento, Sérgio Rocha (PTB) "apela" ao prefeito Airton Garcia (PSL) pelo recapeamento de ruas na Vila Morumbi.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON