Aguarde...

Política

PT pede lockdown e criação de auxílio emergencial em São Carlos

Vereadora pelo partido, Raquel Auxiliadora leu propostas na tribuna da Câmara Municipal. Além disso, voltou a questionar: cadê o prefeito de São Carlos?

| ACidadeON/São Carlos

Vereadora Raquel: Frente Parlamentar incentivará discussões e ações em defesa dos direitos das mulheres. Foto: Divulgação
 

O Partido dos Trabalhadores (PT) de São Carlos pediu a decretação de lockdown e a criação de um auxílio emergencial na cidade.

Na terça-feira (2), durante a sessão da Câmara Municipal, a vereadora Raquel Auxiliadora (PT) leu uma carta do partido para a população.

No texto, foi citado o aumento do número de mortes na cidade, a recusa do prefeito Airton Garcia (PSL) e do Comitê de Crise em cumprir a determinação do Conselho Municipal de Saúde (CMS), que, no dia 25 de janeiro, aprovou o isolamento social mais rígido na cidade, testagem em massa e ampla vacinação.

Além disso, o partido ressaltou a situação de vulnerabilidade social de muitas famílias na cidade por conta da crise econômica e sanitária. "É preciso que se criem mecanismos de políticas públicas de renda, para garantir a sobrevivência dessas famílias. O PT propõe a criação de uma auxilio emergencial municipal para garantir a vida, além da isenção de pagamentos de tributos municipais para essas famílias".

"Exigimos que Airton Garcia aja como prefeito eleito de São Carlos. Cadê o Prefeito para colocar a vida dos cidadãos e cidadãs da nossa cidade em primeiro lugar? Cadê o Prefeito para viabilizar as deliberações do CMS: lockdown, testagem em massa e pressão pela ampla vacinação? ", questionou o Partido dos Trabalhadores. 

Leia mais:  

Secretário da Saúde fala em noite de terror nos hospitais: 'Estamos perdendo essa guerra' 

COVID-19: São Carlos registra 142ª morte e 84 novos casos nesta quarta (3) 

Profissionais barrados em 2ª dose de vacina apontam erros da prefeitura


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON