Publicidade

politica

Audiência pública discute saneamento rural em São Carlos

Reunião será realizada na Câmara Municipal na noite desta quarta e deve levar subsídios para a formulação de novas políticas públicas

| ACidadeON/São Carlos -

Fossa séptica biodigestora em assentamento de São Carlos. Foto: Renato Marmo / Divulgação
Audiência pública marcada para esta quarta-feira (8), às 19h, discute o saneamento básico rural em São Carlos. A reunião será realizada na Câmara Municipal e o público pode participar de forma online.

O evento foi solicitado pelo vereador Djalma Nery (PSOL), presidente da Comissão de Meio Ambiente, e contará com a participação do pesquisador da Embrapa Instrumentação Wilson Tadeu Lopes da Silva, líder das pesquisas no tema.

"Essa discussão ocorre justamente quando celebramos os 20 anos de criação da fossa séptica biodigestora, tecnologia desenvolvida pelo pesquisador Antônio Pereira de Novaes, já falecido, que hoje possui mais de 12 mil unidades instaladas por parceiros em todo o Brasil, para o tratamento do esgoto do vaso sanitário nas propriedades rurais", explica Wilson Tadeu.

Contribuições para o Plano Municipal
"Com a audiência pública, esperamos levantar subsídios para propostas de novos projetos de lei, que também envolvam a implantação da fossa séptica biodigestora e de outras tecnologias, bem como a atualização do Plano Municipal de Saneamento, o qual deve incluir o saneamento rural", acrescenta o pesquisador.

Segundo o vereador, o Plano Municipal de Saneamento Básico de São Carlos, que é o definidor das regras de como deve ser o abastecimento de água, o sistema de recolhimento e tratamento de esgoto, o manejo de resíduos sólidos e a drenagem de águas pluviais na cidade, atualmente está passando por uma revisão, que já está atrasada há quatro anos.

Gestores e usuário
Para a discussão foram convidados representantes das secretarias municipais do Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Inovação, e também de Agricultura e Abastecimento; do Ministério Público de São Paulo; da Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Campinas (que implantou legislação sobre o tema), bem como um agricultor e beneficiário da tecnologia de fossa séptica biodigestora.

Em função da pandemia de Covid-19, a população não terá acesso ao plenário, mas poderá acompanhar a audiência ao vivo pelo Canal 8 da NET, pela rádio São Carlos (AM 1450), pelo site da Câmara Municipal, redes sociais do Legislativo e pela plataforma Zoom.

Mais notícias


Publicidade