Publicidade

politica

Criação de brigadas de incêndio pode se tornar obrigatória em São Carlos

Medida valerá para condomínios, templos religiosos, hipermercados, shoppings e clubes da cidade. Projeto de lei foi votado na sessão de ontem; entenda

| ACidadeON/São Carlos -

Incêndio no Horto Florestal. Foto ilustrativa/ Defesa Civil de Itirapina

A Câmara de São Carlos aprovou, na sessão de terça-feira (21), um projeto de lei para obrigar shoppings centers, templos religiosos, hipermercados, clubes e condomínios fechados da cidade a criarem brigadas de incêndio. Texto agora segue para sanção do Executivo. 

Autor da proposta, o vereador Elton Carvalho (Republicanos) ressaltou que as situações de incêndio são muito rápidas e nem sempre há tempo suficiente para acionar o Corpo de Bombeiros. 

Desta forma, a criação de brigadas teria como objetivo ajudar na rápida contenção de eventuais incêndios em locais de grande circulação de pessoas. 

"Na eventualidade de alguma ocorrência envolvendo primeiros socorros ou princípios de incêndio, os Brigadistas com certeza salvarão vidas", afirmou Carvalho na justificativa para propositura do projeto. 

Ainda segundo o PL, a brigada de Incêndio deverá ser composta por funcionários escolhidos pela administração do estabelecimento, que deverão participar e refazer anualmente treinamento de combate a incêndios e primeiros socorros. 

A legislação também prevê multa de R$ 5 mil para quem descumprir a norma.





Mais notícias


Publicidade