Publicidade

politica

"São Carlos virou uma latrina", afirma Azuaite em crítica à Mariel Olmo

Para Sérgio Rocha (PTB), secretário de Serviços Públicos tem que ter "as mãos grossas" e completa que titular da pasta "deixou a desejar"; Olmo não quis comentar

| ACidadeON/São Carlos -

Secretário de Serviços Públicos foi alvo de críticas de vereadores. (Foto: Redes Sociais)
Após enquadrarem Wanda Hoffmann (Educação) e Helena Antunes (ex-Gestão de Pessoas), vereadores são-carlenses questionaram a atuação de Mariel Olmo, secretário de Serviços Públicos de São Carlos, em sessão realizada nesta terça-feira (3).

Parlamentares vocalizaram nas últimas sessões crescente insatisfação com o desempenho da pasta e reclamaram, ainda mais, da zeladoria urbana. Para o vereador Azuaite Martins de França (Cidadania), a São Carlos está "uma latrina". Ele culpou a administração municipal pela situação.

"Deixam a cidade suja. São Carlos virou uma latrina e parece que a administração gosta de viver no esgoto, na latrina, na sujeira", afirmou o parlamentar.

Azuaite afirmou que sugeriu no passado um projeto de cata-treco, aos moldes do hoje implantado pelo Serviços Públicos e pela Saúde em andamento no Grande Santa Felícia. O vereador protocolou, ainda, projeto de lei para instituir hortas coletivas em terrenos públicos e privados.

"Envergonhado" por levar o assunto à tribuna, Sérgio Rocha (PTB) opinou que a zeladoria urbana "tem deixado a desejar". O parlamentar colocou na conta de Olmo a falta de coordenação na pasta.

"Não tenho nada a contra Mariel, mas como secretário, ele deixa a desejar a nossa cidade. Durante o primeiro mandato de Airton Garcia e agora no segundo mandato", afirmou.

Para Rocha, o bairro CDHU vive em lixo; a Vila Morumbi, em buracos nas ruas.

"Secretário de Serviços Públicos tem que ter as mãos grossas, um lombo grosso, tem que andar nas ruas, tem que ir para os bairros, sentir o que a população está sentindo: matagal, lixo. Tem uma parte da cidade que foi recapeada, mas onde não foi a cidade está destruída", reclamou. "Vai para a rua", disparou.

Fogo vai "limpar", diz vereador
Às vésperas da estiagem, o vereador petebista disse que o "foguinho" fará a limpeza na cidade, se Mariel Olmo não agir. O parlamentar fez a menção à peça publicitária lançada pela Prefeitura para combater as queimadas urbanas.

"Vamos deixar para o fogo resolver esses problemas, em maio, junho, junho e agosto", finalizou.

O que diz Mariel Olmo
Procurado, o secretário Mariel Olmo não comentou as declarações dos vereadores.

Mais notícias


Publicidade