Publicidade

politica

Câmara aprova R$ 9,3 milhões para a construção de escola estadual no Ipanema

A construção das novas unidades deve aumentar em 8 mil a oferta de vagas nos ensinos fundamental e médio da rede estadual em São Carlos

| ACidadeON/São Carlos -

Sala de aula (Foto: Denny Cesare/Código19)
A Câmara Municipal aprovou R$ 9,3 milhões para a construção de unidade escolar no Jardim Ipanema. A nova escola faz parte do pacote de R$ 42 milhões em recursos estaduais para a abertura de seis novas unidades na cidade.

O projeto prevê a autorização de R$ 9.315.981 para o projeto. A construção de escola será realizada via Plano de Ações Integradas do Estado de São Paulo (Painsp), do governo do Estado.

No final do ano passado, a Câmara havia aprovado um pacote de doação de imóveis para a construção de escolas. Além do bairro do Ipanema, terrenos no Residencial Santo Antônio, Jardim de Cresci, Embaré, Douradinho e Novo Mundo também foram alienados ao Estado.

A construção das novas unidades deve aumentar em 8 mil a oferta de vagas nos ensinos fundamental e médio da rede estadual em São Carlos. O formato da construção seguirá trâmite diferente. Apesar de ser estadual, as escolas serão construídas pelo município via licitação local com dinheiro paulista. Ao fim da construção, o prédio pronto é entregue ao Estado.

Mais R$ 11,7 mi na Educação
A Câmara também aprovou em plenário a abertura de crédito especial e adicional de R$ 11,67 milhões para a reforma de unidades escolares, aquisição de materiais didáticos, mobília, computadores e outros materiais. O dinheiro também será usado em programas de Educação Especial e custeio de novas unidades escolares.

Emendas
Quase R$ 88 mil em emendas parlamentares receberam a chancela do colegiado na sessão de ontem. Foram destinados R$ 30 mil para a reforma de uma cancha de malha na alameda Azaleia, indicação de André Rebello (DEM). Outros R$ 30 mil serão empregados para a aquisição de materiais esportivos de judô, emenda de Tiago Parelli (Progressistas).

O vereador Djalma Nery (Psol) remeteu R$ 7,5 mil para o desenvolvimento do Afro Music Festival, marcado para o dia 8 de maio. Mais R$ 20 mil tiveram como destinação a compra de utensílios no Cemei "Alcindo Siqueira" e instalação de revestimento no Cemei "José Brito de Castro", recursos repassados por Roselei Françoso (MDB).

Mais notícias


Publicidade