Publicidade

politica

Comissão de Saúde quer união com Araraquara para retomar neurocirurgias

Vereadores de São Carlos apontam necessidade de solucionar o problema para evitar a sobrecarga da capital da tecnologia

| ACidadeON/São Carlos -

Vereadores da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de São Carlos. Foto: Divulgação

A transferência de pacientes neurocirúrgicos de Araraquara para a Santa Casa de São Carlos virou tema de preocupação na Comissão de Saúde da Câmara Municipal, que agora busca equacionar o problema diretamente com o poder público da cidade vizinha.

A realização dos procedimentos foi interrompida na Santa Casa da Morada do Sol no dia 6 de abril, quando a equipe especializada rescindiu contrato com a Santa Casa daquela cidade. Desde então, os pacientes foram direcionados para São Carlos.

Para Lucão Fernandes, vereador que preside a comissão, os poderes públicos de ambos os municípios devem unir forças para buscar uma solução a fim de que o atendimento se normalize o quanto antes. "A transferência é dramática para os pacientes de Araraquara e impacta o sistema de saúde de nossa cidade, que fica sobrecarregado diante do grande aumento da demanda de neurocirurgias", disse.

O vereador destacou que São Carlos e Araraquara obtiveram êxito sempre que se uniram em prol de demandas mais importantes para a comunidade "A saúde pública é um direito constitucional e nosso intuito (da Comissão de Saúde) é ajudar Araraquara a recuperar esse serviço e solucionar o impasse criado pela suspensão das neurocirurgias". 

Leia mais: Com Araraquara sem equipe, Santa Casa de São Carlos tem aumento de neurocirurgias

Na região central do estado que concentra uma população de 1 milhão de habitantes - , somente as duas Santas Casas têm condições de fazer os procedimentos neurocirúrgicos, que são de alta complexidade. Com a interrupção do serviço em Araraquara, a Santa Casa de São Carlos passou a arcar com toda a demanda.

A Comissão de Saúde informou que já entrou em contato com a assessoria do prefeito Edinho Silva e busca agendar o encontro para a próxima semana e também discutir o assunto com o Departamento Regional de Saúde (DRS-III).

Publicidade