Aguarde...

Esse ano votaremos nos

Eleições

'Meu inimigo é a burocracia', diz Airton sobre planos para próximos anos

Airton Garcia (PSL) foi reeleito com 54.573 votos (48,88%). Em entrevista ao portal, ele falou sobre as dificuldades deste mandato e os planos para os próximos anos

| ACidadeON/São Carlos

Airton Garcia (PSL) é reeleito prefeito de São Carlos (SP). Foto: Divulgação

Airton Garcia (PSL) terá mais quatro anos no poder executivo de São Carlos (SP). O atual prefeito foi reeleito com 54.573 votos, correspondendo a 48,88%. Agora, segundo ele, o trabalho realizado neste período vai continuar. "Meu problema é a burocracia", disse.  

Em entrevista ao portal ACidade ON e CBN São Carlos, Airton comentou sobre o resultado das eleições, as dificuldades ao longo desse mandato e quais são os planos para os próximos anos.  

"Nas eleições, quem fala é a população, e a população falou, escalou a gente para trabalhar por mais quatro anos. Nós temos muitos problemas para resolver e não podemos dizer que está uma Brastemp, mas nós conseguimos melhorar a situação econômica da prefeitura, hoje São Carlos é uma cidade que paga suas contas em dia, e não tem polemização com promotoria ou judiciário, e acho que a população reconheceu isso", disse.  

Para o atual prefeito, a maior dificuldade ao longo desses quatro anos foi a burocracia. "Meu maior inimigo é a burocracia. Quando chega no poder público, você quer fazer, mas tem 1001 entraves e burocracias para cumprir, então sempre digo que o desafio é a burocracia, mas não tem jeito, as normas são assim e nós temos que seguir", comentou.   

Airton Garcia (PSL) é reeleito prefeito de São Carlos (SP). Foto: Divulgação

Daqui para frente
Quando a população discute sobre o mandato atual, logo são citados três assuntos: problema com as enchentes que causam destruição pela cidade; problemas na captação e distribuição de água e falta de verba para essas obras.  

Sobre as enchentes que atingiram a cidade na semana passada e que também são previstas para este verão, como ocorre todo ano, Airton comentou que a cidade está longe de ter uma solução.  

"Existe um projeto para resolver o problema das enchentes em São Carlos, mas é um conjunto de obras. Agora mesmo estamos fazendo o piscinão do CDHU que vai ajudar a resolver uns 15% dessa enchente, mas ainda falta muita coisa para a gente dizer que superou esse problema", disse.  

O prefeito ainda reforçou que o município está com as contas pagas, mas não tem verba para grandes obras. "Antigamente era fácil, tinha recursos, mas hoje o Governo Estadual e Federal estão em situação difícil e a gente não consegue recursos. São problemas que não vejo como vai resolver. Estamos queimando a cabeça para ver o que vai acontecer, mas é um cenário sombrio. A capacidade de investimento do município é zero. A gente tem que correr e tem que lutar, ir cavocando ali e aqui para conseguir arrumar alguma coisa", comentou. 

Questionado sobre o aumento ou diminuição do número de secretarias do município tema que também repercutiu na sabatina realizada pelo portal ACidade ON -, o prefeito informou que não sabe o que será feito. "Não tem ninguém na prefeitura que tenha cadeira cativa, nós vamos sempre estudando e sempre que puder fazer um ajuste desde que seja para melhor, nós vamos fazer", comentou.  

O prefeito também falou sobre os desafios para saúde e educação. "A constituição preconiza que 25% do orçamento te que ser investido em educação, e a prefeitura investe muito mais do que isso. [Sobre a saúde] o executivo tem que destinar 15% para a saúde, aqui nós destinamos 30%, o dobro que preconiza. Ainda não é do jeito que eu gostaria que fosse, ainda falta muita coisa, mas vamos continuar trabalhando", explicou.  

Quando perguntado sobre por onde deve começar os trabalhos, o prefeito foi direto. "Vai continuar tudo do mesmo jeito, vamos ter que continuar levantando cedo e tocando o serviço", finalizou.

Mais do ACidade ON