Patrocinador:

Publicidade

tudo inovação

Universo da inovação introduz novos termos e conceitos de negócios; conheça!

Mercado arrojado também inova na linguagem profissional

| Tudo inovação -

Apresentadores do novo programa "Tudo Inovação", da EPTV. (Foto: Divulgação/EPTV)
 

 O "Tudo Inovação" tem mostrado a forte presença do empreendedorismo nas regiões de alcance da EPTV - Campinas, São Carlos, Ribeirão Preto e Sul de Minas. Muito impulsionadas pela presença de importantes universidades, centros de pesquisa e espaços voltados para inovação. Essas regiões se destacam nacional e internacionalmente com novos modelos de negócios, um empreendedorismo baseado na economia criativa que está transformando o mercado de trabalho para um novo perfil de cultura empreendedora e que tem gerado inúmeras oportunidades de trabalho. 

Ao longo dos quatro episódios da temporada são apresentados casos de sucesso, reportagens sobre economia criativa, com impactos sociais, tecnologias aplicadas em novos negócios ou para aprimorar produtos ou métodos já existentes e dicas de especialistas que visam aproximar a inovação e o empreendedorismo da realidade das pessoas. 

Com um perfil moderno, este novo universo envolve também termos e conceitos bastante diferentes, que podem até assustar em um primeiro momento, mas só até que o significado seja compreendido, pois com o tempo as palavras tornam-se familiares até serem incorporadas por completo ao vocabulário pessoal. Então fique atento porque a lista a seguir apresenta os principais termos e conceitos utilizados, que vão te ajudar a decifrar este universo tão arrojado!   

Tudo Inovação - EPTV

- Aceleradoras 

A aceleradora é uma organização criada para agilizar o desenvolvimento de uma startup, de modo a impulsionar seu crescimento, em especial nos primeiros meses ou anos de vida, até que ela ganhe espaço no mercado e tenha forças para caminhar sozinha. Para integrar um programa de aceleração as startups passam por um processo de seleção e, sendo admitidas, são acompanhadas por investidores experientes, recebendo mentorias, aporte financeiro e rede de contatos com outros empreendedores. 

- Centros de pesquisa 

Os centros de pesquisa são instituições integradas voltadas para o desenvolvimento de tecnologias e de novos produtos de diversas áreas. Com foco em inovação, os centros de pesquisa podem receber investimentos e repasses públicos ou por meio de parcerias com a iniciativa privadas. 

- Coworking 

A palavra refere-se ao espaço físico compartilhado pelas startups, empresas ou até mesmo profissionais autônomos (freelancers) para realizar seus trabalhos. Trata-se de um novo conceito de escritório, em que empresas de diferentes atuações dividem o mesmo ambiente e também as despesas do local. 

- Crowdfunding 

Trata-se de um modelo de financiamento realizado de forma coletiva, para o qual várias pessoas podem contribuir, e até mesmo por meio de plataformas virtuais. O crowdfunding é uma importante alternativa para captação de recursos para as empresas em fase inicial, em especial, para as startups. 

- Cultura Empreendedora 

É uma das características comuns aos empreendedores que já possuem uma visão estratégica de negócios, porém, a cultura empreendedora pode também ser desenvolvida em um empreendedor iniciante, por meio de estudo, treinamento, mentoria, enfim, por meio de capacitação do profissional para que desenvolva habilidades que o tornem um empreendedor de sucesso. 

- Hub de Negócios 

Na informática, o hub é equipamento que possibilita a conexão e transmissão de informações entre computadores. No mundo dos negócios, o conceito é o mesmo, de integrar os diversos atores envolvidos com determinado mercado ou processo para juntos buscarem soluções às demandas em comum. Esse modelo de conexão entre empresas, investidores e startups cria um ambiente bastante favorável para o networking e para o aprimoramento de todos os envolvidos. 

- Incubadoras 

Modelo bastante utilizado no ambiente tecnológico e de startups, as incubadoras têm por objetivo apoiar as primeiras etapas de vida de um negócio. Podem ser organizações vinculadas à universidades públicas e privadas, e sua principal característica é fomentar o empreendedorismo, oferecendo às micro e pequenas empresas suporte técnico e capacitação dos profissionais de inovação. 

- Investidor Anjo 

Assim como as incubadoras e aceleradoras investem financeiramente em novos e pequenos negócios de inovação, o investidor anjo também o faz, com a diferença de que ele é, na verdade, uma pessoa física e não jurídica, como são as incubadoras e aceleradoras. Em busca de novas oportunidades para investimentos, o investidor anjo aplica seu próprio patrimônio em startups com alto potencial de sucesso. 

- Mentoria 

Muito comum no universo das startups, a mentoria é o método de formação, capacitação e desenvolvimento profissional de um empreendedor inexperiente ofertado por investidores com bastante experiência no mercado de negócios. 

- MVP 

A sigla refere-se ao Minimum Viable Product, ou seja, Produto Mínimo Viável. É o primeiro produto ou serviço lançado pela startup ou empresa de inovação que chega até o consumidor para teste. Mesmo que ainda não esteja totalmente finalizado, o feedback do cliente sobre ele é importante antes que o empreendedor faça investimentos maiores sobre o produto. 

- Networking 

Já bastante familiarizado nos mais diversos negócios, é a rede de contatos e conexões com outros profissionais e que é de suma importância para que o produto, o serviço e, em especial, a própria empresa seja conhecida no mercado de negócios. 

- Patentes 

No universo da inovação, registrar a patente do produto ou invenção é fundamental para proteger a criação contra cópias e garantir o direito de exclusividade sobre eles. O registro é feito pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). 

- Pré-Aceleração 

Para os negócios que ainda estão em fase de planejamento e desenvolvimento de ideias, o processo de pré-aceleração é fundamental. A preparação para o mercado engloba estudo e análise do perfil de clientes, do produto ou serviço a ser desenvolvido e também das operações que serão colocadas em prática. 

- Startup 

Literalmente, o termo significa "empresa emergente". São as empresas, geralmente de inovação e de tecnologia, que estão no início, na fase de pesquisa de busca por investimentos e que, portanto, ainda não se consolidaram no mercado de negócios, e que por isso têm ainda um futuro incerto, mas que também, igualmente, têm grandes possibilidades de se estabelecerem como grandes negócios.

Mais notícias


Publicidade