Publicidade

viagens

Viagens de avião batem recorde nas férias, mas passageiros sofreram para embarcar

Em meio ao período de férias, 1 em cada 12 passageiros sofreu com atrasos e cancelamentos de voos

| ACidade ON -

Muitos passageiros tiveram dificuldade ou não conseguiram embarcar. (Foto: Divulgação)


Um levantamento da Air Help, especialista em direitos de passageiros, mostra que o número de pessoas que viajaram em companhias aéreas brasileiras triplicou durante o mês de julho se comparado ao mesmo período de 2020. O número é de 3,9 milhões de pessoas transportadas pelo Brasil.

Apesar da boa notícia para o setor de viagens e turismo e também para quem gosta de viajar, muitos passageiros tiveram dificuldade ou não conseguiram embarcar. Os dados do estudo mostram que na retomada do movimento, o número de passageiros afetados por atrasos e cancelamentos também triplicou nos aeroportos do País. 
 
GOSTA DE VIAJAR? CONFIRA AQUI DESTINOS IMPERDÍVEIS COM ÓTIMOS PREÇOS

Em meio ao período de férias, 1 em cada 12 passageiros sofreu com atrasos e cancelamentos de voos. Os cancelamentos afetaram 34.600 passageiros. Os atrasos afetaram 300.000 e os atrasos superiores a 4 horas causaram transtornos a 4.900 consumidores das companhias aéreas com operações no Brasil. Em resumo: 1 entre cada 12 passageiros teve algum problema relacionado com seu voo.

Viracopos no pódio dos atrasos

O Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, foi o que registrou maior número de passageiros afetados por atrasos e cancelamentos de voos, totalizando 89.900 indivíduos impactados pelas ocorrências (1 em cada 8 passageiros embarcados no aeroporto em julho).

O aeroporto Internacional de Recife foi o segundo colocado em atrasos, com 29.300 passageiros afetados por atrasos e cancelamentos, também com média de 1 a cada 8 passageiros embarcados.

A terceira colocação coube ao Aeroporto internacional de Viracopos, que registrou 21.800 passageiros afetados por atrasos e cancelamentos durante o mês de julho.

Vale lembrar que toda pessoa que viaja de avião dentro do Brasil está protegida pelo Código de Defesa do Consumidor e pela legislação da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), ambos com leis que definem as responsabilidades das companhias aéreas no caso de problemas com voos.

Compre passagens e pacotes com descontos

Animado com a retomada dos voos e mais confiante em sair de casa com o avanço da vacinação? Uma dica é conhecer o portal zarpo.com.br. Com uma rede de parceiros em todo o Brasil e também no Caribe e no México, o Zarpo oferece descontos nos mais diversos tipos de hospedagens entre resorts, hotéis e pousadas. O visitante pode escolher apenas a estadia, ou optar por um pacote completo com a parte aérea.

Mais notícias


Publicidade