Publicidade

viagens

Viajantes poderão se vacinar em 3 aeroportos brasileiros a partir de hoje

A partir de segunda-feira (13), os aeroportos de Brasília, Guarulhos e Galeão terão postos de vacinação com atendimento direcionado principalmente para quem chega do exterior

| ACidade ON -

 

Vacina em aeroportos. (Foto: Divulgação)

Quer viajar mas ainda não se vacinou ou está à espera da terceira dose? Vai chegar do exterior sem ter vacinado? Uma oportunidade para quem ainda não foi imunizado, ou não completou a toma de todas as doses é utilizar algum dos postos de vacinação contra a covid-19 que o Ministério da Saúde abrirá em três dos principais aeroportos do País.

A partir de segunda-feira (13), os aeroportos de Brasília, Guarulhos e Galeão terão postos de vacinação com atendimento direcionado principalmente para quem chega do exterior. Vale lembrar que, com o surgimento da variante ômicron, novas regras para a entrada no Brasil foram implementadas, principalmente para pessoas não-vacinadas. A exigência para estes passageiros é se submeterem a uma quarentena de cinco dias. 
 
GOSTA DE VIAJAR? CONFIRA AQUI DESTINOS IMPERDÍVEIS COM ÓTIMOS PREÇOS

De acordo o secretário executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, os três aeroportos são os que respondem pelo maior volume de passageiros internacionais. A ideia é que o posto de vacinação esteja em funcionamento sobretudo nos horários de maior movimento dos terminais.

"[É] para que, caso chegue algum passageiro que tenha interesse em se imunizar, que tenha a vacina disponível para ele lá", disse Cruz, ao destacar que, ainda assim, o viajante recém-imunizado teria que cumprir a quarentena de cinco dias antes de poder circular no país.

O secretário afirmou ainda que as autoridades sanitárias brasileiras monitoram o cenário epidemiológico atual no país e que, caso haja piora no cenário de pandemia, o tema será discutido novamente em 30 dias.

Novas regras para desembarcar no Brasil

As novas medidas para entrar no Brasil são iguais para cidadão brasileiros e estrangeiros, diferenciando apenas quem está vacinado de quem não está. Para entrar no país é preciso apresentar um resultado negativo para COVID-19 PCR ou teste antígeno. O teste PCR deve ser realizado no máximo 72 horas antes da chegada, enquanto o teste antígeno deve ser feito no máximo 24 horas antes da chegada. Os resultados devem ser em inglês, espanhol ou português. Também é necessário apresentar o formulário de declaração de saúde.

Quem não está vacinado deve apresentar um teste COVID-19 PCR ou teste antígeno e se submeter a 5 dias de quarentena. O passageiro que desembarcar em Brasília, Guarulhos ou Galeão pode optar pela imunização mas não ficará automaticamente desobrigado de cumprir os cinco dias de isolamento.

Mais notícias


Publicidade