Publicidade

viagens

União Europeia desobriga uso de máscaras em voos

Medida, que passa a valer nesta segunda-feira, não é unânime entre os países do bloco e a proteção segue obrigatória em 15 países

| ACidade ON -

Medida, que passa a valer nesta segunda-feira, não é unânime entre os países do bloco e a proteção segue obrigatória em 15 países. (Foto: Divulgação)


Por Eduardo Gregori
edugregori@gmail.com


A União Europeia anunciou o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras em voos entre os países da comunidade. A medida passa a valer a partir desta segunda-feira, dia 16. A alteração faz parte da recomendação do Centro Europeu de Prevenção e Controle das Doenças e da Agência Europeia para a Segurança da Aviação.

 
GOSTA DE VIAJAR? CONFIRA AQUI DESTINOS IMPERDÍVEIS COM ÓTIMOS PREÇOS
 

A medida não será adotada, pelo menos por enquanto, em países onde o uso de máscaras é obrigatório nos transportes públicos. Desta forma, em voos de e para Áustria, Letónia, Chipre, Lituânia, República Checa, Luxemburgo, Estónia, Malta, França, Holanda, Alemanha, Portugal, Grécia, Espanha e Itália ainda segue como obrigatório o uso da proteção facial.


A Ryanair, companhia aérea low cost que faz voos pela Europa, comemorou a decisão. Em comunicado enviado para a imprensa, Eddie Wilson, CEO da Ryanair, disse. "É com prazer que anunciamos esta medida. A partir do dia 16 as máscaras faciais serão opcionais em todos os voos da Ryanair, exceto nos voos de/para os 15 Estados da UE, onde as máscaras continuam a ser obrigatórias em transportes públicos".


Apesar desta mudança, o Centro Europeu de Prevenção e Controle das Doenças e a Agência Europeia para a Segurança da Aviação continuam a recomendar o uso de máscara, lembrando que esta é a melhor maneira de impedir contágios.

Aumento de casos

A desobrigação do uso de máscaras durante viagens aéreas acontece em um momento em que uma nova onda de Covid começa a se estabelecer em países europeus, como Portugal, que atualmente é o país da UE com mais casos de covid-19 por milhão de habitantes (1.150 infecções). Em comparação com outros países fora do bloco, Portugal apenas é ultrapassado pela Austrália (1.630 casos por milhão de habitantes) e Nova Zelândia (1.480).

A maioria dos países da UE, desobrigou há mais de um mês o uso de máscaras em ambientes fechados. Entretanto, com o aumento no número de novas infecções, médicos querem que o uso volte a ser obrigatório. Os profissionais da saúde querem também que os cidadãos tenham o direito de realizar gratuitamente até dois testes de covid por semana.

Mais notícias


Publicidade