Aguarde...

Viu Essa?

'Colônia de férias que era trabalho', diz Bruno de Luca ao recordar 1ª Malhação

Bruno de Lucas afirma que irá assistir aos capítulos da primeira temporada de Malhação, agora que a novela passa a integrar o catálogo do Globoplay

| Folhapress

Bruno de Lucas (Foto: Instagram/Reprodução)
 Desde que interpretou Fabinho na primeira edição de "Malhação" (1995, Globo), o apresentador Bruno de Luca, 39, afirma que viveu uma grande montanha-russa em sua carreira. Atualmente, comanda o programa "Vai Pra Onde?" (Multishow), é dono de sua produtora e se dedica a criar novos conteúdos para as redes sociais.

O artista começou sua carreira aos 10 anos, atuando na novela "Fera Ferida" (1993), e aos 12 esteve na novela adolescente. "Foi um sonho atrás do outro", relembra. De Luca diz que nas gravações sentia-se totalmente inserido no elenco e que gostava de conviver com todos no ambiente.

Ele afirma que irá assistir aos capítulos da novela, agora que passaram a integrar o catálogo do Globoplay, o ator afirma que se lembra "das emoções que tinha, do sentimento de alegria por estar lá", diz, "uma colônia de férias que era trabalho". Ele comenta que também aprendeu muito ao longo das gravações.

"O diretor Leandro Neri, que é meu amigo até hoje, me ensinava tudo que eu ficava perguntando", relembra. Ele conta que chegava em casa e fazia filmagens de sua família, para depois editar em vídeo cassete. "E assim fui aprendendo a fazer um pouco de tudo", completa em entrevista ao F5.

O artista afirma que, com o passar dos anos, precisou se adaptar, assim como a novela com os "novos problemas dos jovens". Após o folhetim, se formou nos cursos de Jornalismo e Cinema na PUC (Pontifícia Universidade Católica) do Rio de Janeiro e chegou a estagiar no jornalismo da Globo.

"Trabalhei com o Tim Lopes", relembra, "criei uma casca incrível. Vi o 11 de Setembro da redação da Globo, o sequestro do Silvio Santos, toda a cobertura jornalística daquilo". De Luca afirma que aprendeu a ser interessado nessas coisas e que, então, a carreira como apresentador virou o foco.

Apesar disso, ele trabalhou como ator na franquia de filmes "Os Parças" e diz que criou laços de amizade com Tirulipa, Whindersson Nunes e Tom Cavalcante. O artista também conta que por volta dos 23 anos começou o "Vai Pra Onde?" que atualmente está com uma nova temporada.

Sobre o programa, ele diz que foi quando conseguiu de vez se conectar com o seu público. Nos episódios, o apresentador mostra viagens e sua vida real, um "reality trip", como chama. "As pessoas começaram a me ver acordando de mau humor, feliz, bêbado, sendo barrado, levando esporro, me atrasando", comenta, "rolou uma identificação muito legal".

Ele comenta que o programa, apesar de ser prazeroso, é desafiador também. Para o apresentador, investir e acreditar no projeto fez com que alguns mitos de viagens se quebrassem e muitas pessoas começassem a se aventurar por causa de seus vídeos. "Senti que as pessoas começaram a se jogar mais e ver no que dá."

De Luca comenta que sente que agora os aventureiros de plantão querem viajar para realmente conhecer um local novo, suas histórias e se sentir inseridos em uma nova cultura. "Vejo jovens viajando e as viagens deles são totalmente diferentes. E o 'Vai Pra Onde?' sempre acompanhou esses movimentos dos viajantes."

Recentemente, o artista começou um programa em seu canal no IGTV chamado Vinho com o De Luca, que traz personalidades da mídia para falar sobre temas como bullying e intolerância religiosa. A ideia surgiu, em parte, de sua vontade de tratar de assuntos mais sérios.

"Acaba que eu sempre sou chamado para coisas mais divertidas, para trabalhos ou matérias que são mais descontraídos", explica o ator, que encontrou nas lives do instagram "a possibilidade de falar sobre assuntos que eu sempre quis". Para o apresentador, os vídeos chegam para gerar diálogo e reflexão, tanto da parte dele quanto para os espectadores.

O primeiro episódio contou com a presença de Fernanda Souza, 37, e o tema foi positividade tóxica. Ele diz que sempre conversou com a artista sobre diversos assuntos e que foi maravilhoso poder dividir isso com o público e sentir a identificação. "Super se encaixa no meu momento atual, na minha maturidade e personalidade."

Além disso, de Luca também apresenta o programa BBB A Eliminação (Multishow) ao lado da ex-BBB Vivian Amorim, 28. Ele comenta que na época do reality também consegue interagir muito com o público e seus seguidores. "Gosto muito de conversar com eles sobre o programa", afirma.

Para o futuro, o apresentador diz que tem alguns projetos na frente e atrás das câmeras. "Tenho vários projetos que eu trabalho em outras áreas, mas não na frente das câmeras. Alguns como roteirista, outros como produtor ou como diretor", explica.

Ele diz que com as redes sociais aprendeu a colocar sua criatividade para fora, e mostra "coisas que nunca ninguém veria e que eu só faria em casa, por exemplo". Para de Luca a Internet é um espaço para brincar com novas ideias e projetos. "Em breve novidades aí, tanto atuando quanto apresentando.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON