Lewandowski volta a Munique para se despedir de ex-companheiros do Bayern Lewandowski volta a Munique para se despedir de ex-companheiros do Bayern

Lewandowski volta a Munique para se despedir de ex-companheiros do Bayern

Lewandowski volta a Munique para se despedir de ex-companheiros do Bayern

Duas semanas após ser oficializado como reforço do Barcelona, Robert Lewandowski voltou nesta terça-feira à cidade de Munique para se despedir dos seus ex-companheiros do Bayern. O atacante teria conversado também com um dos principais dirigentes do clube alemão, após declarações controversas de ambos em entrevistas recentes.

'Foi triste. Sempre estarei agradecido por tudo o que ganhei e vivi aqui. Agradeci a todos pelo o que fizeram por mim e lhes dei presentes. Foi um momento emotivo e difícil para mim. Agora posso ir com a consciência tranquila', declarou o jogador ao canal Sky Sports, após deixar o CT do clube alemão.

>

Na saída, seu carro chegou a ser cercado por alguns torcedores, que fizeram provocações, gritando 'Hala, Madrid!', em referência ao maior rival do Barcelona, seu atual clube. Não houve qualquer sinal de violência.

Além de se despedir dos colegas, o que não havia feito ao deixar o clube para acertar com o Barça, Lewandowski teria conversado com o diretor esportivo do Bayern, Hasan Salihamidzic, para encerrar qualquer mal-entendido causado por sua saída repentina - o time alemão resistiu a ceder o jogador ao rival espanhol.

Em entrevista recente nos Estados Unidos, onde estava em viagem de pré-temporada com o Barça, Lewandowski criticou Salihamidzic ao afirmar que sua transferência foi atrapalhada por 'questões políticas' internas do clube alemão. Em resposta, o diretor disse que receberia o atleta para conversar. 'Estou em Munique, venha com tranquilidade. Não entendo o que ele tem dito nestes últimos dias', declarou.

Após uma tumultuada negociação, Bayern, Lewandowski e Barcelona chegaram a um acordo no início de julho. O jogador foi adquirido por 45 milhões de euros, com possibilidade de chegar a 50 milhões de euros caso o atacante alcance algumas metas específicas no novo time. Ele assinou contrato de quatro anos.

Mais Notícias

Mais Notícias