Aguarde...

cotidiano

Nadador de Ribeirão aprova adiamento dos Jogos Olímpicos

Bicampeão mundial, Nicholas Santos afirma que decisão não irá interferir na sua preparação para Tóquio; atleta ressalta cuidados em meio à pandemia de coronavírus

| ACidadeON/Ribeirao

Nadador ribeirão-pretano vai disputar a terceira olimpíada na carreira (Foto: Divulgação / Redes Sociais)
 

O nadador ribeirão-pretano Nicholas Santos, bicampeão mundial em piscina curta de 50 metros borboleta, aprovou o adiamento da Olimpíada de Tóquio 2020 anunciado nesta terça-feira (24), devido à pandemia do novo coronavírus.   

CLIQUE E LEIA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS SOBRE A COVID-19

 
O Comitê Olímpico Internacional (COI) decidiu que os Jogos Olímpicos e Paralímpicos acontecerão em 2021. A nova data, porém, ainda é incerta, mas deve ser marcada para até o verão japonês do próximo ano. 
 
Em entrevista ao ACidade ON, Nicholas se disse feliz com a decisão do comitê e revelou como pretende lidar diante da situação de isolamento, por conta da pandemia. 
 
"Fiquei muito feliz com a notícia anunciada pelo COI. Vejo que vários atletas estavam ansiosos, visto que nós passamos a ter uma rotina de treinamentos e de, repente, a gente se vê em casa, tentando manter o condicionamento físico. Percebemos o quanto é importante o contato com o outro. Porém, estamos vivendo um problema global e devemos ficar em casa, mantendo o isolamento", afirma o nadador.  
 
Em meio à quarentena, Santos fala sobre outro assunto que, para ele, merece atenção, por conta do atual cenário: o isolamento social.   
 
"Acredito que ficar em casa sozinho, sem ter o que fazer, é complicado. Devemos nos atentar à saúde mental. Muito importante se manter ativo agora para não perder toda a preparação que foi feita. Espero que a pandemia logo acabe e que todos fiquem bem", comenta Nicholas.  
 
Mesmo com a rotina de treinamentos afetada, o nadador ribeirão-pretano afirma que o adiamento não implicará de forma negativa em sua preparação. De acordo com ele, a decisão de adiar os Jogos Olímpicos o ajudará ainda mais.  

"Vinha treinando muito bem desde dezembro. Como as seletivas também foram adiadas, eu passo a ter mais tempo para me preparar. A nova data, na verdade, não afeta em muita coisa, pois o planejamento para natação gira em torno de 16 a 18 semanas, quando se está ativo. Dá para se preparar muito bem ainda", explica o atleta, que completou 40 anos de idade.
 
Disputa olímpica    

Em busca de assegurar uma vaga em Tóquio, Nicholas Santos disputará a Seletiva Olímpica de Natação, realizada no Rio de Janeiro.  

O evento, anteriormente marcado para abril, acontecerá entre os dias 22 e 27 de junho de 2020. (Igor Abreu, sob supervisão de Ricardo Canaveze)

Mais do ACidade ON